Descrição de chapéu Copa do Mundo

Quatro ficam feridos em tumulto após lotação de festa da Copa no Mineirão

Segundo a PM, pessoas foram pisoteadas quando os portões do evento fecharam

Mulher é carregada após confusão no Mineirão durante o jogo Brasil x Sérvia
Mulher é carregada após confusão no Mineirão durante o jogo Brasil x Sérvia - Flavio Tavares/Jornal Hoje Em Dia/Folhapress
Carolina Linhares
Belo Horizonte

Quatro pessoas ficaram feridas em um tumulto na Esplanada do Mineirão, onde fica a Arena Nº1 Brahma, espaço para 30 mil pessoas com palco e alimentação onde os torcedores se reúnem para assistir aos jogos do Brasil na Copa

Segundo a assessoria do Hospital Municipal Odilon Behrens, quatro feridos deram entrada na emergência vindos do Mineirão em ambulâncias particulares do evento. Dois chegaram ainda antes do final da partida contra a Sérvia, enquanto os últimos foram levados após o jogo. 

Por volta de 22h, todos os pacientes aguardavam exames e avaliações médicas para serem liberados, sem o risco de morte e sem necessidade de cirurgia. São três mulheres, de 15, 19 e 20 anos de idade, e um homem, que não teve a idade divulgada.

O tenente-coronel Godinho, da Polícia Militar, afirmou que houve tumulto, empurra-empurra e pessoas foram pisoteadas quando os portões do evento fecharam ainda no início do segundo tempo. Naquele momento havia 30 mil pessoas dentro da área do estádio e outras 20 mil para fora. 

"As pessoas começaram a forçar querendo entrar, teve briga no meio da multidão", disse o policial. 

Não houve, contudo, confronto com a polícia. O tumulto acabou com o acionamento do choque e da cavalaria. Dois pelotões do choque atuaram como reforço, formando um efetivo de 160 policiais no local. 

Por volta de 18h45, quase duas horas após o fim da partida, os portões permaneciam fechados, com 30 mil pessoas dentro da Esplanada. O público do lado de fora era de 5.000 pessoas. 

Ainda de acordo com o tenente coronel Godinho, o show gratuito do Jota Quest após a partida pode ter atraído mais público. A atração tinha previsão de se apresentar por 2h30, mas o show foi encurtado para 1h. 

A PM afirmou que não houve danos no local e que não recebeu informação sobre feridos. O Corpo de Bombeiros também não foi acionado. 

Em nota, a produção do Arena Nº1 Brahma informou que foi amplamente divulgado que o evento tem capacidade sujeita à lotação e que o efetivo de seguranças e de atendimento médico no estádio estava de acordo com o alvará. 

"No jogo de hoje, a lotação atingiu a capacidade máxima e a produção reforçou a segurança diante do grande público que ainda tentava acessar o estádio. A organização do movimento externo ao Mineirão foi auxiliada pela Polícia Militar. A produção reforça que prezamos pela segurança do público em primeiro lugar, e o efetivo de seguranças, assim como o atendimento médico dentro do estádio, estava dentro do exigido pelo alvará de funcionamento do evento", diz o texto.

A organização do evento informou ainda que: "a entrada é gratuita e controlada, por meio de catraca e revista, por uma equipe treinada de seguranças privados e conta com o apoio da Polícia Militar para fazer a segurança no entorno do estádio".

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.