Serena Williams sente contusão e desiste de Roland Garros

Tenista americana enfrentaria a russa Maria Sharapova pelas oitavas de final

São Paulo | UOL

O tão aguardado reencontro entre Serena Williams e Maria Sharapova está adiado. Ao sentir piorar uma contusão no peito durante a longa partida de duplas que fez no domingo, a norte-americana anunciou sua desistência de tentar vaga nas quartas de final de Roland Garros pouco antes de ir à quadra.

"Estou abalada", afirmou em entrevista oficial dada agora há pouco em Paris. "Fui para o aquecimento hoje cedo e não consegui sacar", contou.

"Fica difícil jogar assim. A primeira vez que senti a dor foi contra (Julia) Goerges e ontem na dupla estava doendo bastante. Fiz de tudo para tentar jogar, mas não consegui melhorar", completou a americana.

Tenista Serena Williams
A tenista americana Serena Williams fala em entrevista coletiva, anunciando sua desistência da disputa do torneio de Roland Garros - Benoit Tessier/REUTERS

O incômodo no peito se prolonga para as costas e isso travaria o movimento do serviço. Serena disse ter tentado ainda um tratamento de emergência, mas que não foi possível.

Ela diz que irá se consultar com médicos para ver se terá condições de competir em Wimbledon, que começa dentro de 30 dias. "Estava me sentindo cada vez melhor em quadra e espero continuar esse progresso", amenizou.

Este seria o 22º duelo entre as duas, que não se cruzaram num Grand Slam desde o Australian Open de 2016.

As duas também fizeram a final de Roland Garros de 2013. Serena não perde para a russa desde novembro de 2004, com série de 18 vitórias.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.