Descrição de chapéu Copa América

Federação argentina apoia jogadores em reclamação contra VAR

'Vimos o mesmo que vocês', disse a entidade por meio das redes sociais

São Paulo

​Após Messi fazer duras críticas ao árbitro assistente de vídeo (VAR) na derrota por 2 a 0 para o Brasil, na semifinal da Copa América, agora foi a vez de a Federação Argentina de Futebol (AFA) chancelar a reclamação dos atletas.

Messi aplaude a torcida após a derrota para o Brasil na Copa América
Messi aplaude a torcida após a derrota para o Brasil na Copa América - Luisa Gonzalez/REUTERS

Por meio de sua conta oficial no Twitter, nesta quarta-feira (3), a entidade máxima do futebol argentino postou uma foto com o símbolo do árbitro de vídeo e a frase "vimos o mesmo que vocês", seguida de "obrigado a nossos jogadores pela dedicação incondicional" e acompanha de uma bandeira da argentina e um coração azul.

Segundo os argentinos, o árbitro equatoriano Roddy Zambrano deveria ter marcado a penalidade máxima em dois lances: um sobre Sergio Agüero e outro sobre Otamendi, ambos no segundo tempo.

Lances contestados

  1. Brasil 2-0 Argentina

    Argentinos reclamaram que VAR não foi acionado em lance que Sergio Agüero teria sofrido pênalti de Daniel Alves. Na sequência, saiu o segundo gol brasileiro. Também contestam a não marcação de outro pênalti no fim da partida, também não revisado pelo árbitro de vídeo.

  2. Uruguai 0-0 Peru

    Uruguai teve três gols anulados na partida, Um deles, em que Cavani não parece estar impedido, foi cancelado com o uso do VAR. Jogadores uruguaios reclamaram muito após a eliminação nos pênaltis.

  3. Brasil 0-0 Venezuela

    Brasil teve dois gols anulados após consulta no VAR e jogadores brasileiros contestaram as duas marcações por impedimento.

A principal reclamação é de um pênalti em Agüero na origem do lance que terminou com o segundo gol da seleção brasileira. Pela regra, o VAR pode pode analisar qualquer lance de suposta penalidade.

O árbitro de vídeo também foi tema de jornais argentinos. O maior veículo esportivo do país, o Olé, escreveu na capa de sua edição de quarta o trocadilho "sem VARgonhas".

Já após a partida contra a seleção brasileira, Lionel Messi deu forte declaração aos jornalistas. “Todas as idiotices foram marcadas a favor deles. Houve pênaltis bobos durante toda a Copa América e hoje não marcaram um em Otamendi. Nem sequer consultaram o VAR. É para analisar. Oxalá a Conmebol faça algo porque nós fizemos um sacrifício enorme”, disse o atacante, reclamando também de uma suposta influência do Brasil na entidade que comanda o futebol sul-americano.

Veja abaixo as eliminações da Argentina com Lionel Messi

30.jun.2006 – Alemanha 1-1 Argentina (Copa do Mundo)
Messi era reserva, mas fez o seu primeiro gol em Copa do Mundo na goleada sobre a Sérvia. Argentina caiu diante dos alemães nos pênaltis.

15.jul.2007 – Brasil 3-0 Argentina (Copa América)
O atacante ainda não era o principal jogador da seleção, mas fez parte da equipe que perdeu a final para a seleção brasileira.

3.jul.2010 – Alemanha 4-0 Argentina (Copa do Mundo)
Já como melhor jogador do mundo e comandado por Maradona, Messi teve Mundial apagado e não evitou a queda nas quartas de final.

16.jul.2011 – Argentina 1-1 Uruguai (Copa América)
Com a Copa América disputada na Argentina, Messi era visto como o jogador que levaria a seleção ao título. Mas a eliminação aconteceu nos pênaltis, nas quartas de final.

13.jul.2014 – Alemanha 1-0 Argentina (Copa do Mundo)
A derrota mais dolorosa da carreira de Messi foi na final do Mundial, no Maracanã.

3.jul.2015 – Chile 0-0 Argentina (Copa América)
Argentina perdeu a segunda final em dois anos, mas foi batida apenas nos pênaltis pelo Chile.

26.jun.2016 – Argentina 0-0 Chile (Copa América)
Mesmo torneio e mesmo fim: queda nos pênaltis na decisão. Messi errou uma cobrança e disse que abandonaria a seleção. Não cumpriu.

30.jun.2018 – França 4-3 Argentina (Copa do Mundo)
A eliminação mais precoce da Argentina com Messi aconteceu nas oitavas de final do Mundial contra a equipe que semanas depois seria campeã da Copa na Rússia.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.