Governo italiano autoriza volta aos treinos de futebol a partir de segunda

Medida antecipa em 14 dias retorno dos treinamentos de esportes coletivos

São Paulo

O governo italiano autorizou neste domingo (3) a retomada de treinos individuais e de esportes coletivos, como o futebol, a partir de segunda (4).

A medida para esportes coletivos estava prevista apenas para o dia 18 de maio, mas o Ministério do Interior da Itália decidiu pela antecipação.

"Os atletas, profissionais ou não, de disciplinas individuais ou não, estão autorizados, como todos os cidadãos, a praticar exercício nos espaços públicos ou privados, respeitando as regras de distanciamento social de pelo menos dois metros, assim como a proibição de qualquer aglomeração", diz trecho do decreto.

As atividades necessitam ser ao ar livre e sem a presença de público.

O país, ao lado da Espanha, é o epicentro da pandemia de coronavírus no continente europeu. Até domingo, eram 211 mil casos de Covid-19 confirmados no país e quase 29 mil mortes. A curva de contaminação no país tem diminuído nas últimas semanas, o que fez com que o governo passasse a planejar o desconfinamento gradual da população a partir de segunda.

No entanto, ainda não há previsão de retomada do Campeonato Italiano, paralisado desde 9 de março, a 12 rodadas de sua conclusão. As equipes da Série A possuem um plano para a continuação da competição, mas ainda dependem de um novo decreto das autoridades.

A Uefa determinou o dia 25 de maio como prazo para que os países da Europa decidam se irão completar seus torneios dentro de campo ou se vão encerrar a atual temporada e indicar representantes para os torneios continentais da entidade.

Alguns clubes italianos, como a Roma e o Parma, demonstraram a intenção de abrir seus CTs no decorrer da semana. A Juventus lidera a competição nacional com 63 pontos, 1 a mais do que a vice-líder Lazio.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.