Agora em boa fase, São Paulo reencontra Bragantino no Morumbi

Equipe do interior venceu os tricolores no primeiro jogo após a parada do futebol

São Paulo

Vice-líder do Campeonato Brasileiro, o São Paulo recebe nesta quarta-feira (9) o Red Bull Bragantino, no Morumbi, às 19h15, em jogo válido pela 9ª rodada do Nacional.

O duelo marca o reencontro das equipes na temporada, que há menos de dois meses se enfrentaram na primeira partida oficial de ambas após a paralisação do futebol em razão da pandemia.

São Paulo perdeu para o Red Bull Bragantino no primeiro jogo após a paralisação do futebol
São Paulo perdeu para o Red Bull Bragantino no primeiro jogo após a paralisação do futebol - Divulgação/Red Bull Bragantino

No confronto pelo Campeonato Paulista, o time de Bragança foi ao Morumbi e venceu os comandados do técnico Fernando Diniz por 3 a 2, derrota que iniciou o período de maior instabilidade do treinador no São Paulo.

Depois do revés para o Red Bull Bragantino, a equipe tricolor foi novamente derrotada, desta vez por um remendado Mirassol, nas quartas de final do Estadual, e deu adeus à competição.

Com o encerramento precoce da participação do clube no Paulista, as primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro eram fundamentais para que Diniz ganhasse tempo e maior tranquilidade para seguir com seu trabalho.

Porém, a sequência que teve vitória por 1 a 0 contra o Fortaleza, derrota para o Vasco e empate em casa com o Bahia fez com que a pressão sobre o técnico aumentasse.

Para mudar esse cenário, o treinador mexeu na equipe, principalmente no sistema defensivo. Resultado: o São Paulo reagiu com quatro vitórias em cinco jogos –uma delas diante do rival Corinthians– e encostou no líder Internacional na briga pela ponta da tabela. Os gaúchos têm 17 pontos, e os paulistas, 16.

Para o jogo desta quarta, Fernando Diniz não poderá contar mais uma vez com Pablo, ausente por conta de uma lesão muscular. O camisa 9, autor dos dois gols da derrota para o Bragantino no Paulista, já não atuou no último fim de semana, contra o Fluminense.

Sem o atacante, o técnico poderá manter a estrutura ofensiva que iniciou a partida com os cariocas, com Luciano, artilheiro do São Paulo no Brasileiro com três gols, no comando de ataque, e Vitor Bueno e Paulinho Boia atuando pelos lados.

Brenner, que marcou o gol da vitória no clássico contra o Corinthians e também deixou o seu no triunfo sobre o Fluminense, tem entrado bem nas partidas e é opção para iniciar o jogo entre os titulares.

Santos reencontra Jorge Sampaoli

Também nesta quarta-feira, o Santos recebe na Vila Belmiro, às 21h30, o Atlético- MG.

Será a primeira vez que o clube paulista, agora comandado por Cuca, enfrentará seu ex-técnico Jorge Sampaoli, que no Brasileiro do ano passado levou o time ao vice-campeonato.

Assim como no Santos de 2019, Sampaoli tem um bom início de Nacional à frente do Atlético-MG. A equipe está na terceira colocação, com 15 pontos, e torce por tropeços de São Paulo e Internacional para, quem sabe, assumir a liderança ao término desta rodada.

Já a equipe de Cuca busca mais regularidade dentro da competição. Com três vitórias, dois empates e três derrotas até aqui, o clube da Vila Belmiro marcou nove gols e sofreu a mesma quantidade.

O desempenho em casa também preocupa. Nas quatro partidas que disputou como mandante no Brasileiro, empatou duas, perdeu uma e somou apenas uma vitória. O time sofreu gols em todos os jogos no seu estádio.

Se o sistema defensivo precisa de ajustes, no ataque, Cuca parece ter encontrado o seu protagonista: Marinho, com quatro gols, é o artilheiro e principal destaque do clube neste início de campeonato.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.