Descrição de chapéu Campeonato Brasileiro 2020

Nenê marca dois, Corinthians perde do Fluminense e se complica no Brasileiro

Ainda sem vencer no Allianz, Palmeiras perde a chance de assumir vice-liderança

São Paulo

Mesmo com a saída Tiago Nunes e as mudanças promovidas por Dyego Coelho, o Corinthians apresentou as velhas dificuldades e perdeu para o Fluminense por 2 a 1 neste domingo (13), no Maracanã. A partida foi válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Aos 39 anos, Nenê fez os dois gols da equipe tricolor, que soma 14 pontos, enquanto que o alvinegro, com nove pontos, fica próximo da zona do rebaixamento à Série B. Em nove partidas, os paulistas perderam quatro vezes e venceram apenas duas.

Coelho fez três mudanças na equipe, sendo uma por opção. O técnico barrou Ramiro e deu oportunidade para Éderson. Fagner e Danilo Avelar, expulsos na derrota para o Palmeiras, foram substituídos por Michel e Bruno Méndez, respectivamente.

O Fluminense dominou a partida, abriu o placar com Nenê aos sete minutos e poderia ter construído uma vantagem maior no primeiro tempo. Calegari tabelou com Michel Araújo, foi à linha de fundo e cruzou na área. A zaga corintiana vacilou, e Nenê, mesmo caído em sua segunda tentativa, acertou o canto de Cássio.

O time paulista estava perdido no Maracanã e não conseguia passar do seu meio de campo. Sem dar nenhum chute a gol até os 17 minutos, Coelho resolveu abrir mão de um terceiro volante, sobrou para Éderson dar o lugar para o atacante Everaldo.

A mudança não trouxe nenhuma melhora considerável. O Corinthians, sim, só conseguiu chegar ao gol de Muriel através de dois chutes de Otero – como ocorreu na derrota para o Palmeiras que selou a demissão do técnico Tiago Nunes. Na primeira vez, aos 19 minutos, o venezuelano acertou o travessão em cobrança de falta.

O alvinegro esbarrava em suas limitações como a recorrente dificuldade de construir jogadas e a falta de intensidade ofensiva. Nos acréscimos da etapa inicial, o Fluminense esteve perto de ampliar com Danilo Barcelos, que recebeu de Calegari e, de cabeça, exigiu boa defesa de Cássio.

Nenê festeja o gol diante do Corinthians, no Maracanã - Sergio Moraes 13.set.2020/Reuters

Na etapa final, o Fluminense caiu de rendimento, e o Corinthians não conseguiu aproveitar. Everaldo chegou a balançar a rede, mas estava em condição de impedimento.

Aos 40 minutos, Luiz Henrique chutou, e a bola bateu na mão de Bruno Méndez. O árbitro catarinense Bráulio da Silva Machado apontou pênalti. O experiente Nenê mandou no canto esquerdo de Cássio.

Nos acréscimos, Danilo Barcelos foi expulso após entrada em Michel. E, aos 49 minutos, os paulistas descontaram com Matheus Vital.

O técnico do sub-20 tem como alento o pouco tempo de trabalho, exatamente um dia e na véspera do jogo, mas terá trabalho para melhorar a classificação do Corinthians e conseguir ser promovido ao time profissional.

Essa é a segunda vez que assume a equipe interinamente, Em 2019, ele dirigiu o Corinthians em oito jogos após a demissão Fábio Carille. Foram três vitórias, três derrotas e dois empates, mas deixou uma boa impressão e ajudou o time garantir uma vaga na pré-Libertadores.

O cenário extracampo, atualmente, é favorável para a efetivação de Coelho. As opções no mercado brasileiro são escassas, enquanto que o presidente Andrés Sanchez caminha para o final do mandato – a eleição está agendada para 28 de novembro. O clube também enfrenta problemas financeiros e conseguiu quitar na quarta (9) os salários referentes de março, junho e julho.

O Corinthians volta a campo na quarta-feira (19) contra o Bahia, às 21h30, na Neo Química Arena, em São Paulo. O Fluminense só jogará pelo Brasileiro no domingo (20) contra o Sport, antes visitará o Atlético-GO, na quarta, pela Copa do Brasil.

PALMEIRAS PERDE CHANCE DE ASSUMIR VICE-LIDERANÇA

O Palmeiras cedeu o empate para o Sport por 2 a 2 na noite deste domingo (13), no Allianz Parque, e perdeu a chance de assumir a vice-liderança do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Palmeiras soma 17 pontos e cai para a sexta posição nesta 10ª rodada do Nacional, marcada por tropeços dos concorrentes na ponta de cima da tabela. Mais cedo, o líder Internacional, com 20 pontos, havia sido derrotado pelo Goiás por 1 a 0, e o Flamengo, com 17, superado pelo Ceará por 2 a 0.

Já o time pernambucano, do técnico Jair Ventura, chega aos 11 pontos e ocupa a 14ª colocação.

Zé Rafael faz o segundo gol do Palmeiras, mas é expulso e vê o time ceder o empate - Cesar Greco 13.set.2020/Agência Palmeiras

O técnico Vanderlei Luxemburgo poupou o zagueiro Gustavo Gómez e o volante Patrick de Paula e não pôde contar com Luiz Adriano, com dores na coxa esquerda. Na quarta-feira (16), o time retoma a sua campanha na Libertadores diante do Bolivar, às 21h30, em La Paz, capital boliviana.

Vitor Hugo, Ramires e Willian foram os escolhidos para ajudar o Palmeiras a buscar a primeira vitória no Allianz neste Nacional. Como mandante, foram dois empates por 1 a 1 com Goiás e Internacional no Allianz, e uma vitória sobre o Santos por 2 a 1 no Morumbi.

Na ânsia de acabar com esse jejum, o Palmeiras foi para cima do Sport, mas sofreu o gol na primeira descida dos visitantes. Patric foi derrubado na área por Wesley, e o árbitro baiano Diego Pombo Lopez marcou pênalti. Na cobrança, o zagueiro Iago Maidana mandou no canto direito do goleiro Weverton, aos 11 minutos.

O Palmeiras, apesar de controlar as ações, não conseguia furar o bloqueio defensivo do Sport e contou com a infelicidade de Sander para chegar ao empate. Aos 28 minutos, Willian aproveitou erro de Sander ao recuar a bola no campo de defesa, driblou o goleiro Luan Polli e só rolou para a rede.

Aos 41, Zé Rafael fez o gol da virada ao receber pela esquerda, cortou para o meio e emendou uma bomba. Nos minutos finais do primeiro tempo, Sander fez falta dura em Wesley e foi expulso.

No segundo tempo, Zé Rafael, que fazia uma boa partida e tinha acabado de receber cartão amarelo, foi expulso aos 13 minutos após choque com Marquinhos. Para complicar, seis minutos depois da expulsão, Rogério serviu Lucas Mugni, que chutou na saída de Weverton.

Com o placar igual, o Sport recuou ainda mais, e o Palmeiras não conseguia uma sequência de trocas de passes e muitos menos chegar com perigo ao ataque.

Pelo Nacional, o alviverde visitará a campo no domingo (20) contra o Grêmio, às 16h, e o Sport receberá o Fluminense no mesmo dia, às 20h30.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.