Descrição de chapéu Copa do Brasil

Palmeiras vacila em casa e empata com América-MG pela Copa do Brasil

Quem vencer o jogo de volta, em Minas Gerais, avança à decisão da competição

São Paulo

Após mudanças na escalação e falha do zagueiro Emerson Santos, o Palmeiras foi surpreendido pelo América-MG e conseguiu apenas arrancar um empate por 1 a 1 no primeiro duelo da semifinal da Copa do Brasil, nesta quarta (23), no Allianz Parque.

Com o resultado em São Paulo, quem vencer o duelo da próxima quarta (30) vai à decisão. Em caso de igualdade no tempo normal, haverá penalidades no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Gustavo Gómez comemora gol de empate com América - Cesar Greco/Palmeiras

Antes de a bola rolar no Allianz, o técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, explicou a troca do ala Matías Viña pelo meia Gustavo Scarpa. “Acima de tudo dar mais andamento pelo lado esquerdo”, disse Ferreira, que também poupou o zagueiro Luan e escalou Emerson Santos.

Nos primeiros minutos, os americanos criaram duas chances de gols com escapadas do meia Ademir, surpreendendo o lado esquerdo da defesa palmeirense. Na oportunidade mais clara, Geovane recebeu na área e chutou no canto do goleiro Weverton, que fez boa defesa.

O começo do confronto teve ritmo acelerado, e Rony respondeu aos dois minutos, com chute de dentro da área que exigiu defesa do goleiro Matheus Cavichioli.

O Palmeiras passou a controlar a posse de bola, mas chamava atenção pela quantidade de passes errados –seja de curta ou longa distância.

O time pagou caro pela displicência, aos 19 minutos. Após receber a saída de bola de Weverton, Emerson Santos tentou inverter o jogo e deu no pé de Ademir. Livre e de frente para o gol, o atacante do América-MG dominou e chutou no canto para abrir o placar.

O Palmeiras, com muitas dificuldades de criar, conseguiu empatar nos acréscimos da etapa inicial em um lance inusitado. Numa cobrança de lateral, Marcos Rocha mandou a bola direto na área, e Gustavo Gómez, aproveitando cochilo dos americanos, escorou de cabeça aos 48 minutos.

No segundo tempo, o Palmeiras tomou poucos sustos, mas não conseguiu pressionar a equipe mineira.

Aos 20 minutos, o técnico português colocou Lucas Lima, Danilo e Luiz Adriano e tirou Zé Rafael, Willian e Raphael Veiga. A zaga dos mineiros bem postada dificultava as investidas dos palmeirenses, principalmente anulando o papel de pivô proposto com Luiz Adriano.

Com isso, os comandados do técnico Lisca conseguiram o seu propósito de levar a decisão para a sua casa na próxima quarta, às 21h30.

Para o América-MG, a competição é uma oportunidade rara de reforçar o caixa. Por avançar à semifinal da Copa do Brasil, deixando para trás Corinthians (oitavas) e Internacional (quartas), a equipe já garantiu uma premiação de R$ 17 milhões pagos pela CBF.

O faturamento com a Copa do Brasil já representa, hoje, quase metade de toda as receitas do América em 2019. Na ocasião foram R$ 32 milhões arrecadados com direitos de televisão, patrocinadores, negociação de atletas e bilheteria, segundo relatório anual do banco Itaú/BBA sobre a finança dos clubes.

Logo depois de passar pelo Corinthians, Marcus Vinícius Salum, presidente do conselho de administração do América, disse à Folha que estava previsto no orçamento deste ano uma premiação da CBF por classificações somente até a terceira fase do torneio, algo em torno de R$ 2,7 milhões. Agora, se avançar à decisão do título, o time terá direito a receber mais de R$ 22 milhões.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.