Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
14/03/2007 - 18h04

Marta aceita ocupar Ministério do Turismo

Publicidade

ANDREZA MATAIS
da Folha Online, em Brasília

A ex-prefeita Marta Suplicy (PT-SP) avisou a interlocutores que decidiu aceitar o comando do Ministério do Turismo. O convite ainda não teria sido feito oficialmente, mas Lula avisou ao partido que está disposto a acomodar a ex-prefeita na pasta que ficará vaga com a saída do ministro Walfrido dos Mares Guia. Ele será deslocado para o Ministério das Relações Institucionais ou no Desenvolvimento Agrário.

Antônio Gaudério/Folha Imagem
Marta Suplicy deve assumir o Ministério do Turismo no lugar de Walfrido Mares Guia
Marta Suplicy deve assumir o Ministério do Turismo no lugar de Walfrido Mares Guia
Secretários do Ministério do Turismo teriam sido avisados numa reunião nesta quarta-feira que Marta assumirá a pasta. Empresários do setor também dão como certa a nomeação da ex-prefeita.

Na última reunião com petistas, na segunda-feira, o presidente teria afirmado que iria oferecer o Turismo para a ex-prefeita. A Folha Online apurou que Lula teria comentado que esse não é o ministério ideal para Marta, mas que não poderia oferecer outra pasta porque precisava contemplar os partidos da coalizão na reforma.

Para dar atratividade à pasta que será comandada por Marta, o Planalto cogita deixar a Infraero subordinada ao Turismo. A proposta, entretanto, é boicotada por partidos aliados.

A primeira opção do PT para a ex-prefeita era o Ministério das Cidades, mas a vaga será mantida com o ministro Márcio Fortes, do PP. O PT chegou a pensar no Ministério do Desenvolvimento, mas desistiu ante da imposição de Lula de que para a pasta deve ir para alguém ligado ao setor empresarial.

Reforma fatiada

O presidente Lula deve fatiar o anúncio da reforma ministerial. Inicialmente, a intenção do Planalto era fazer a mudança de uma vez só. Mas Tarso sinalizou hoje ao deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho (PDT-SP), que as mudanças serão feitas em etapas.

"O ministro disse que as mudanças serão feitas à medida que o presidente tiver resolvido as pendências que envolvem a nomeação de cada pasta", disse Paulinho.

Na sexta-feira, por exemplo, Tarso trocará de pasta. Ele assumirá o lugar de Márcio Thomaz Bastos no Ministério da Justiça.

Segundo Paulinho, Tarso afirmou que "está praticamente certa" a indicação do presidente do PDT, Carlos Lupi, para o Ministério da Previdência. A nomeação de Lupi, entretanto, deve ser feita somente na próxima semana.

Leia mais
  • Lula se reúne com PMDB e PT para fechar mudanças na equipe ministerial
  • Tarso Genro assume Ministério da Justiça na sexta-feira
  • PT deixa para Lula decisão sobre nomeação de Marta para 1º escalão
  • Palocci pede para Furlan continuar no Desenvolvimento
  • Em encontro com PDT, Tarso confirma que partido fica com Previdência
  • PMDB vai pedir a Lula Ministério da Agricultura

    Especial
  • Leia cobertura completa sobre o segundo mandato de Lula
  •  

    Publicidade

    Publicidade

    Publicidade


     

    Voltar ao topo da página