Jogo mostra movimentos artísticos e seus principais expoentes

Folhinha preparou atividade baseada no jogo do mico

Catarina Pignato

Você conhece o jogo do mico? A Folhinha criou um baralho baseado nessa brincadeira.

Cartas do jogo com ilustrações de pintores e pinturas
Jogo mostra os movimentos artísticos e os seus expoentes - Catarina Pignato/Arte Folha

Mas, no lugar de animais, as cartas formam pares entre artistas e seus movimentos —como Picasso e o cubismo, Leonardo da Vinci e o renascimento, e Tarsila do Amaral e o modernismo.

A carta do “mico” é representada pela tentativa frustrada de restauração da pintura "Ecce Homo", de Elías García Martínez:

Imagem mostra a pintura original de Cristo à esquerda, a pintura com estragos do tempo ao centro, e à direita, a tentativa de retauração que desfigurou a printura
Uma espanhola desfigurou a pintura de Cristo, "Ecce Homo", de Elías Garcia Martinez ao tentar restaurá-la - Reprodução

Você pode baixar o jogo para impressão colorida ou preto-e-branco. Depois é só recortar as cartas para montar o seu próprio baralho e, jogando, aprender um pouco da história da arte.

COMO JOGAR

  • Embaralhe e distribua as cartas entre os jogadores. Não há problema caso um jogador fique com uma carta a mais.
  • A partida começa com os jogadores formando as duplas corretas com as cartas que já têm em mãos e colocando estas combinações na mesa. Esgotadas as opções de pares com as cartas iniciais, o jogo continua.
  • Um jogador puxa uma carta da pessoa à sua esquerda. Se for possível formar um novo par com essa carta, ele deve baixar as duas. Se não, o jogador acumula essa carta.
  • O jogo acaba quando todos os pares estiverem formados e perde o jogador que estiver com o “mico” na mão

CONHEÇA OS ESTILOS E ARTISTAS QUE ESTÃO NO JOGO

Gótico | Giotto (1267-1337)
Estilo que surgiu na Europa durante a Idade Média. As feições de figuras religiosas eram representadas com traços de pouco dramaticidade

Renascimento | Leonardo da Vinci (1452-1519)
Destacou-se na Itália entre meados do século 14 e o fim do século 16. Abordou de novas maneiras a temática religiosa e também expôs a importância do homem na sociedade

Barroco | Caravaggio (1571-1610)
Surgiu na Europa por volta de 1600. Mais realista que o Renascimento, mostra as emoções em detalhes

Neoclássico | Jacques-Louis David (1748-1825)
Movimento que tenta reviver a estética clássica e evoca características gregas e romanas como demonstração de poder em pinturas monumentais

Romantismo | Eugène Delacroix (1798-1863)
Embora seja um conjunto heterogêneo de estilos, prevalecem no romantismo visões fortemente pessoais, que acentuam a dramaticidade das obras

Realismo | Gustave Coubert (1819-1877)
Veio à tona na Europa no fim do século 19. Representou a realidade por meio da abordagem de temas sociais

Impressionismo | Edgar Degas (1834-1917)
Irrompeu na França durante o século 19. Quebrou as tradições da pintura clássica europeia com traços gestuais e cenas pintadas como se vistas de relance

Simbolismo | Paul Gauguin (1848-1903)
Movimento que surgiu na França no fim do século 19. Opôs-se ao realismo, movido por ideais românticos e cenas subjetivas

Pós-impressionismo | Vincent van Gogh (1853-1890)
Uma extensão do impressionismo, que rejeitou a limitação imposta por estilos anteriores. Foram duramente criticados pela cena artística da época

Art Nouveau | Gustav Klimt (1862-1918)
Começou na Europa pouco antes da Primeira Guerra Mundial. Representava luxo, progresso tecnológico e desejo por modernidade

Expressionismo | Edvard Munch (1863-1944)
Do início do século 20, retratou a realidade não objetiva e as respostas às emoções dos eventos que nos rodeiam de forma exacerbada

Fauvismo | Henri Matisse (1869-1954)
Teve início na França também no começo do século 20. Pretendia levar o ser humano ao seu estado natural por meio de uma estética primitiva

Neoplasticismo | Piet Mondrian (1872-1944)
Movimento baseado no puro abstracionismo e na simplicidade, com uso de formas geométricas e cores primárias

Cubismo | Pablo Picasso (1881-1973)
Movimento de vanguarda do século 20, no qual os objetos são desmontados e remontados sob outras perspectivas

Modernismo | Tarsila do Amaral (1886-1973)
Estendeu-se do fim do século 19 ao meio do século 20. Movimento que se rebelou contra os valores conservadores do realismo e as formas tradicionais de arte

Dadaísmo | Marcel Duchamp (1887-1968)
Caracterizado pelo espírito de anarquia para chocar a sociedade burguesa. Baseado no absurdo e no inesperado

Construtivismo | Alexander Rodchenko (1891-1956)
Surgiu na Rússia como movimento de vanguarda, inspirado pela conquista do estado operário. Utiliza elementos geométricos aliados à tipografia

Surrealismo | René Magritte (1898-1967)
Caracterizado pela expressão do pensamento inconsciente. Proclamava a importância do imaginário dos sonhos

Art Déco | Tamara de Lempicka (1898-1980)
Surgiu na Bélgica, inspirado por formas naturais e curvas de plantas e flores. Defendia a originalidade e a valorização do artesanato. Também se baseou na arte japonesa

Pop Art | Andy Warhol (1928-1987)
Descendente do dadaísmo, herda o deboche em relação à arte clássica com a apropriação de imagens do cotidiano (banana, lata de sopa) como seus personagens principais

Erramos: o texto foi alterado

Diferentemente do publicado em 18.jun.2020, Gustav Klimt faz parte do movimento Art Nouveau e Tamara de Lempicka integra o movimento Art Déco.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.