Descrição de chapéu música teatro samba

Fabiana Cozza toca para 50 pessoas na Virada Cultural

A cantora dedicou seu repertório a Dona Ivone Lara; frio atrapalha músicos

Alessandra Braz

O palco da Arena Corinthians na Virada Cultural segue organizado e no horário. Quem abriu a programação musical da Virada Cultural no local foi a cantora Fabiana Cozza. A artista deixou de lado canções do seu mais recente álbum, "Ay Amor" (2017), para fazer uma apresentação devotada ao samba. 

A cantora dedicou parte do repertório a Dona Ivone Lara. Logo no início do show mandou a sequência: "Senhora Tentação, "Acreditar, "Alguém me Avisou" e "Sonho Meu", seguidas de "O Mar Serenou" e de uma das canções mais conhecidas de seu repertório autoral "São Jorge", do disco Fabiana Cozza, de 2011. 

A artista acabou tocando para uma plateia bem pequena, cerca de 50 pessoas se aglomeravam na frente do palco para assisti-la. O restante do público presente no evento se dividia entre as atividades infantis na Viradinha, ou se aglomerava no segundo palco, que recebeu o grupo Serial Funkers. 

O maior vilão foi o mesmo o frio. O vento estava forte durante toda a apresentação e Cozza acabou reclamando algumas vezes no palco do frio que ela e a banda estava sentindo. "Que bom que vocês estão no sol, mas o samba vai nos esquentar", disse no começo da apresentação. 

Neste palco o intérprete de libras estava presente, mas não havia espaço dedicado aos cadeirantes, que se juntaram no canto esquerdo para ver Fabiana Cozza.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.