Caetano Veloso diz que Bolsonaro quer destruir esboços do avanço

Músico deu entrevista coletiva no México, onde apresenta seu show 'Ofertório'

São Paulo

Caetano Veloso disse na quinta (25), no México, onde está para fazer shows, que o presidente Jair Bolsonaro quer "destruir todos os esboços do avanço". 

Segundo Caetano, Bolsonaro tenta passar em seus discursos a imagem de um homem simples, espontâneo e sincero, mas que, na realidade, carrega muitos conceitos da ditadura militar. 

"Ele (Bolsonaro) representa uma direita que também hoje está representada internacionalmente. Ele tem uma louca necessidade de destruir todos os esboços do avanço", disse o músico na Cidade do México.

Caetano está no país para participar do festival Cantares, na Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM). 

A morte de João Gilberto também foi tema da entrevista que deu à imprensa mexicana. "O João Gilberto não foi apenas um grande artista que me emocionou. Ele foi como uma revelação, uma luz que deu critérios e compreensão da música", disse.

Caetano Veloso leva ainda seu show "Ofertório", com os filhos Moreno, Tom e Zeca, para a Colômbia, Argentina, Uruguai e Chile, antes de retornar ao Brasil, em outubro.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.