Incêndio atinge centro cultural Fórum Humboldt, futuro museu em Berlim

Espaço estava em reconstrução para abrigar réplica prussiana, mas sofreu explosão nesta quarta (8); polícia investiga causa

Berlim

Um incêndio atingiu o Palácio da Cidade de Berlim, na capital alemã, nesta quarta-feira (8). O fogo logo foi controlado, mas um operário ficou ferido, segundo informações divulgas pelo corpo de bombeiros de Berlim. O prédio estava em reconstrução para abrigar um centro cultural, o Fórum Humboldt.

Uma grande nuvem de fumaça escura foi vista sobre a construção, localizada na famosa avenida Unter den Linden, no coração da cidade. Segundo os bombeiros, a fumaça resultou da queima de materiais de construção e caldeiras de betume, que pegaram fogo na área externa do prédio.

A polícia de Berlim afirmou que não há, até o momento, indícios de que o fogo tenha sido provocado deliberadamente, mas a causa será investigada.

Bombeiros do lado de fora do Palácio de Berlim durante incêndio em 8 de abril de 2020
Bombeiros do lado de fora do Palácio de Berlim durante incêndio em 8 de abril de 2020 - John Macdougall/AFP

A réplica do palácio abrigará um centro cultural e de exposições, o Fórum Humboldt. A primeira parte do local deve ser inaugurada em setembro deste ano. Inicialmente, o plano era que o centro, com 40 mil metros quadrados, abrisse as portas no ano passado, mas as obras atrasaram.

Os custos da construção subiram dos inicialmente planejados 552 milhões (R$ 3,1 bilhões) para 644 milhões (R$ 3,7 bilhões). A obra está sendo financiada sobretudo por fundos estatais.

Vista do Palácio de Berlim após incêndio em 8 de abril de 2020
Vista do Palácio de Berlim após incêndio em 8 de abril de 2020 - John Macdougall / AFP

A dinastia prussiana dos Hohenzollern usou o palácio barroco, finalizado no século 18, como sua residência de inverno até o fim da Primeira Guerra Mundial, quando o último imperador alemão, Guilherme 2º, foi forçado a abdicar. O local foi transformado num museu durante a república de Weimar, mas foi negligenciado pelos nazistas.

O prédio foi seriamente danificado na Segunda Guerra Mundial e demolido em 1950 por ordens do então líder da comunista República Democrática Alemã, Walter Ulbricht. Poucos anos mais tarde, foi construído, numa parte do terreno, o Palácio da República, que abrigava o parlamento da antiga Alemanha Oriental. Após intensos debates, ele acabou sendo demolido entre 2006 e 2008. Quatro anos mais tarde, em 2012, teve início no local a construção da réplica do palácio prussiano, com o interior moderno e fachadas barrocas.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.