'Nomadland' leva o prêmio principal do Oscar após consagrar diretora

Longa estrelado por Frances McDormand como nômade sai como grande vencedor da festa

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

"Nomadland", dirigido pela sino-americana Chloé Zhao, é o grande vencedor da 93ª edição do Oscar.

O longa, que ganhou o prêmio de melhor filme, é uma adaptação do livro "Nomadland: Surviving America in the 21st Century", escrito pela jornalista Jessica Bruder, que sai no Brasil em junho.

Protagonizado por Frances McDormand, de "Três Anúncios para um Crime", o filme narra a história de Fern, uma mulher que após perder o emprego passa a viver como nômade pelas estradas dos Estados Unidos.

O filme era a principal aposta dos críticos de cinema para o prêmio. Já havia conquistado o prêmio de melhor diretora para Zhao, a segunda mulher a levar a estatueta em toda a história.

"Nomadland" ganhou dois prêmios no Globo de Ouro —melhor direção e melhor filme de drama- ,o principal troféu do PGA Awards, prêmio anual do Sindicato do Produtores dos Estados Unidos, e recebeu quatro troféus no Bafta, principal premiação britânica destinada ao cinema.

No seu segundo discurso da noite, Chloé Zhao agradeceu toda a comunidade nômade. "Obrigada por nos ensinar o poder da resiliência, da esperança, e nos lembrar o que é a gentileza."

Frances McDormand também venceu seu terceiro Oscar de melhor atriz nesta noite por seu papel em "Nomadland". "Minha voz é a minha espada. Nós sabemos que a espada é o nosso trabalho, e eu gosto de trabalhar. Obrigada por reconhecer isso", disse a atriz, durante o discurso.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.