Descrição de chapéu Crise da Água

Em discurso de despedida da Sabesp, Kelman elogia sucessora

Governador de SP, Márcio França decidiu trocar comando da empresa e indicou Karla Bertocco

Jerson Kelman, que está de saída do comando da Sabesp
Jerson Kelman, que está de saída do comando da Sabesp - Eduardo Anizelli - 30.mar.17/Folhapress
Taís Hirata
São Paulo

Em seu discurso de despedida da presidência da Sabesp, transmitido via intranet aos funcionários nesta terça-feira (8), Jerson Kelman elogiou sua sucessora, Karla Bertocco.

 O engenheiro afirmou que “não queria sair” da empresa, mas que, dado que estava, saindo ficava tranquilo por ser substituído por Karla.

Destacou que eles trabalharam em parceria na arquitetura da reorganização da Sabesp e que a nova presidente entendia a importância de concluir o processo.

Destacou ainda que a criação de uma holding como guarda-chuva da estrutura e a entrada de investidores na companhia daria flexibilidade à gestão, menos intervenção política e mais meritocracia.

 Na sexta-feira (4), o governador Márcio França (PSB) decidiu trocar o comando da companhia de saneamento, que será efetivada uma vez que o conselho de administração da empresa eleja a nova presidente. 

 Na segunda-feira (7), as ações da Sabesp caíram 4,2%, numa reação negativa a troca do comando. Nesta terça (8), voltaram a subir 1,08%. 

 O discurso foi também uma comemoração do período em que liderou a companhia. Kelman assumiu a presidência da Sabesp em janeiro de 2015, no ápice da crise hídrica que castigou São Paulo entre 2014 e 2016. 

Bertocco é administradora de empresas e trabalhou na Arsesp, agência reguladora responsável por fiscalizar as atividades da Sabesp. Na Secretaria de Governo, ocupou o cargo responsável por viabilizar negócios do governo com o setor privado.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.