BNDES anuncia R$ 2,2 bi para financiar energia limpa para pessoas físicas e empresas

Condomínios, empresas, cooperativas e produtores rurais poderão financiar até 100%

Rio de Janeiro | Reuters

O governo federal anunciou nesta quinta-feira (27) um novo programa do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para financiamento a empresas e pessoas físicas que queiram investir em energia renovável. Serão duas linhas de crédito no valor total de cerca de R$ 2,2 bilhões, segundo comunicado do Ministério do Meio Ambiente.

Uma das linhas, do programa Finame, terá a dotação orçamentária de R$ 2 bilhões para bens e equipamentos de geração eólica e solar.

0
Painéis solares instalados no teto em casa no Rio de Janeiro - Folhapress

Essa linha será voltada a condomínios, empresas, cooperativas, produtores rurais e pessoas físicas, que poderão financiar até 100% do total a ser aplicado nos equipamentos, com prazo de pagamento de até 120 meses e carência de 24 meses.

Em paralelo, pessoas físicas e microempresas poderão acessar um outro financiamento para instalações de energias renováveis com recursos oriundos do Fundo Clima. Para essa linha, o orçamento será de 228 milhões de reais.

O anúncio do governo confirma notícia publicada na Reuters pela véspera, de que o BNDES anunciaria novas linhas de créditos para energia limpa.

A taxa de juros da segunda linha, para pessoas físicas e microempresas, será de 4 por cento para quem tem renda anual de até 90 mil reais e de 4,5 por cento nos demais casos. A carência será de até 24 meses e a amortização poderá ocorrer em até 12 anos.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.