Livraria Cultura fecha Fnac da Paulista e resta só uma loja no Brasil

Operação brasileira da varejista francesa foi comprada há pouco mais de um ano

São Paulo

A Livraria Cultura fechou a loja de livros e eletrônicos Fnac da avenida Paulista no último fim de semana, o que marca a saída da rede da cidade de São Paulo.

Com o movimento a marca, que é de origem francesa, fica perto de sair do mercado brasileiro. Resta no país só mais uma loja da varejista, em Goiânia.

A operação da Fnac no Brasil foi comprada pela Cultura no ano passado.

Outras lojas encerradas recentemente foram a Fnac do bairro de Pinheiros, aberta em 1999 e a primeira da rede no Brasil, e a do shopping Morumbi. Na porta das lojas, havia o aviso de que consumidores poderiam continuar sendo atendidos no site da empresa.

Quando comprada, a Fnac tinha 12 lojas em 7 estados brasileiros.

Loja Fnac da Avenida Paulista
Loja Fnac da Avenida Paulista - Rafael Hupsel/Follhapress

A Livraria Cultura disse que o fechamento de unidades Fnac segue o planejamento estratégico da empresa de manter unidades com boa performance, melhorar cada vez mais a experiência do cliente em loja e crescer de forma significativa no comércio eletrônico. 
 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.