Snap diz que órgãos reguladores dos EUA demandam informações sobre divulgação de IPO

Investigações se seguem a um processo em andamento sobre concorrência do Instagram

Nova York

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos e a SEC (Securities and Exchange Comission), órgão regulador de valores mobiliários dos EUA, intimaram a Snap a dar informações sobre sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de março de 2017, disse a empresa na terça-feira (13).

A Snap disse em comunicado que respondeu às intimações do governo e outros pedidos de informação.

As investigações federais, que não tinham sido divulgadas anteriormente, se seguem a um processo em andamento no qual investidores alegam que a empresa enganou o público sobre como a concorrência do Instagram, do Facebook, afetou o crescimento da Snap.

Símbolo do Snap em Bolsa americana
Snap disse em comunicado que respondeu às intimações do governo e outros pedidos de informação - Richard Drew/AP Photo

A desenvolvedora do aplicativo de mensagem Snapchat disse que acredita que os reguladores federais "estão investigando questões relacionadas às alegações anteriormente divulgadas em ação coletiva sobre nossas divulgações do IPO".

"Embora não tenhamos total visibilidade dessas investigações, nosso entendimento é de que o Departamento de Justiça está provavelmente focado em divulgações de IPOs relacionadas à concorrência do Instagram", disse a empresa.

A companhia descreveu o processo como "sem mérito" e disse que suas divulgações anteriores ao IPO foram "precisas e completas". A Snapdisse que continuará a cooperar com a SEC e o Departamento de Justiça.

O Snapchat, que registrou 158 milhões de usuários diários antes do IPO, atingiu o pico de 191 milhões no primeiro trimestre deste ano e caiu para 186 milhões no terceiro trimestre.
 

Reuters
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.