Tesla anuncia demissão de 3.400 funcionários, e ações caem 13%

Em memorando, Elon Musk diz que 2018 foi o ano mais desafiador da empresa

Bangalore

 Tesla informou nesta sexta (18) que cortará 3.400 empregos para conter custos, já que planeja aumentar a produção de versões mais baratas de seu sedã Model 3. As demissões representam 7% da força de trabalho.

Em um memorando, Elon Musk,   presidente-executivo da empresa, disse que 2018 foi o ano “mais desafiador na história da Tesla”.

00
Elon Musk, líder e fundador da Tesla - Bobby Yip/Reuters

“Eu quero ter certeza de que você conhece todos os fatos e números e entenda que a estrada à frente é muito difícil”, disse Musk. “Não há outro caminho”, acrescentou.

As ações despencaram e fecharam em queda de 13%.

A Tesla, que tem lutado para obter rentabilidade a longo prazo e manter uma forte pressão sobre as despesas, também disse que espera que o lucro do quarto trimestre seja menor do que no trimestre anterior.
 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.