GM quer reajuste zero em São José dos Campos

Metalúrgicos devem negociar itens da proposta nesta quinta-feira

São Paulo | Agora

Em meio a negociações com seus funcionários para cortar gastos nas fábricas brasileiras, a GM propôs aos trabalhadores da unidade de São José dos Campos (97 km de SP) um acordo com dez itens (de 28 anteriormente anunciados), entre eles o reajuste salarial zero (e abono no valor de R$ 2.500) para este ano.

Para 2020, o aumento proposto é de 60% da inflação medida pelo INPC somado a um abono de R$ 1.500.

A reposição total pela inflação só voltaria a ocorrer em 2021.

Os metalúrgicos da GM de São José devem negociar os itens apresentados, em assembleia, na tarde desta quinta-feira (7).

0
Trabalhadores da GM em protesto na semana passada, em São José dos Campos - Divulgação/ Sindmetal SJC

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.