Descrição de chapéu Financial Times

AB InBev trocará presidente do conselho com possível conflito de interesse

Oliver Goudet é presidente de um grupo alemão que investe em empresas do setor de consumo e bebidas

Londres | Financial Times

O conglomerado cervejeiro AB InBev planeja substituir o presidente do conselho de administração, Oliver Goudet, no próximo mês por preocupação com possível conflito de interesses do executivo, que é também presidente da alemã JAB Holdings, grupo de investimento que compra participações em empresas.

A AB Inbev é uma empresa belgo-brasileira e tem como acionista o grupo 3G Capital, de Jorge Paulo Lemann, Carlos Alberto Sicupira e Marcel Herrmann Telles. Entre as principais marcas da cervejaria estão a Stella Artois e Budweiser.

Pessoas relacionadas à AB InBev afirmaram que o Goudet será substituído na próxima reunião de acionistas, que ocorrerá em 24 de abril.

Garrafas da cerveja Stella Artois, produzida pela AB InBev
Garrafas da cerveja Stella Artois, produzida pela AB InBev - Yves Herman/Reuters

O conflito de interesse, segundo uma pessoa ligada à AB InBev, está ligado à compra pela JAB da Keurig Dr Pepper, produtora de café e bebidas, o que elevou a preocupação de que a empresa alemã estaria muito próxima da área de atuação da gigante de bebidas, que atua no setor de consumo.

A empresa cervejeira está aumentando sua fatia outras categorias, como bebidas alcoólicas frisantes e doces e também não alcoólicas com o objetivo de reduzir a queda no consumo em grandes mercados.

A JAB, que administra a fortuna da bilionária família alemã Reimann, investiu mais de US$ 50 bilhões nos anos recentes, tornando-se um grande concorrente no setor de consumo, incluindo o de bebidas.

Goudet confirmou que deve se afastar para dedicar mais tempo a suas crescentes responsabilidades como sócio gestor e presidente da JAB.

“Tenho tido o privilégio de servir ao conselho, fiquei muito impressionado com a qualidade da gerência da companhia e tenho absoluta confiança no futuro do nosso negócio”, afirmou.

Goudet teria mais um ano no posto de presidente do conselho para cumprir os cinco anos de mandato na AB Inbev e é 1 dos 3 conselheiros independentes dentro do quadro de 15 executivos.

Os outros postos são ocupados por representantes dos acionistas da cervejeira, que controlam juntos 51% dos votos no conselho.

“Somos extremamente gratos às muitas contribuições e comprometimento de Goudet com a nossa companhia nos últimos anos em que foi membro do conselho e pelos quatro anos como presidente”, afirmou um porta-voz da AB Inbev.

A saída de Goudet marca ainda o fim de uma relação próxima entre o 3G Capital, que planejou os acordos que culminaram na criação da gigante AB InBev, e a JAB. Antes de Goudet, Peter Harf, também da JAB, foi presidente do conselho da cervejaria por quase uma década, antes de renunciar em 2011.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.