Descrição de chapéu Governo Bolsonaro

Bolsonaro critica manchetes, mas admite retomada lenta da economia

Presidente achou positivo que o PIB do segundo trimestre tenha sido puxado por investimentos

Brasília

O presidente Jair Bolsonaro admitiu nesta sexta (30) que a retomada do crescimento econ√īmico, em seis meses de seu governo, foi lenta.

Ele falou a respeito em entrevista na saída do Palácio da Alvorada.

Bolsonaro, primeiro, se aproximou de jornalistas e, com a Folha e outros jornais do dia nas m√£os, criticou as manchetes sobre o an√ļncio do PIB (Produto Interno Bruto), na v√©spera.

Folha, O Globo e O Estado de S√£o Paulo noticiaram o avan√ßo de 0,4% no segundo trimestre, ante os tr√™s meses imediatamente anteriores, conforme medido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estat√≠stica). Mas ponderaram que a recupera√ß√£o da atividade econ√īmica segue vagarosa.

O presidente Jair Bolsonaro em cerim√īnia no Pal√°cio do Planalto - Evaristo S√°/AFP


‚ÄúTudo combinado [entre os peri√≥dicos]. O editor tem de aprender. Pelo menos n√£o combina, pega mal. N√£o tem o que falar, n√£o tem o que criticar. √Č obrigado a criticar, ent√£o tem o ‚Äėmas‚Äô‚ÄĚ, protestou o presidente.

Questionado pela Folha se, em seu entendimento, o crescimento est√° r√°pido, ele afirmou em seguida: ‚ÄúN√£o √© r√°pido‚ÄĚ. ‚Äú√Č l√≥gico que √© lento, a economia √© igual a um transatl√Ęntico. At√© na nossa casa, quando o pessoal est√° endividado a√≠, √© devagar. √Č complicado recuperar‚ÄĚ, acrescentou.

Bolsonaro disse que "o bom dos n√ļmeros" √© que o PIB do segundo trimestre foi puxado pelo investimento, ‚Äúe n√£o consumo‚ÄĚ, cuja participa√ß√£o no resultado foi menor. 

‚ÄúO consumo, vai vir um pequeno crescimento agora com a antecipa√ß√£o do d√©cimo terceiro [sal√°rio] do INSS [Instituto Nacional do Seguro Social] e a quest√£o tamb√©m do fundo de garantia. Ent√£o vai ter um crescimento um pouco fogo de palha, vamos assim dizer. Quem diz s√£o os economistas, n√£o sou eu, porque eu n√£o entendo nada de economia‚ÄĚ, comentou.

O presidente atribuiu a falta de recursos do governo, que tem levado seus ministros a pedirem complementa√ß√£o or√ßament√°ria, √† situa√ß√£o deixada pelas gest√Ķes anteriores. 

‚ÄúTodos est√£o reclamando, at√© eu estou chorando. Eu adotei um minist√©rio, adotei o da Defesa. Mesmo eu adotando um minist√©rio, est√° dif√≠cil.‚ÄĚapavorados 

Tópicos relacionados

Coment√°rios

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.