Descrição de chapéu Financial Times

EUA e China marcam reunião para aliviar tensão na guerra comercial

Representantes dos dois países devem se encontrar em Washington no início de outubro

James Politi
Washington | Financial Times

Os EUA e a China concordaram em retomar as negociações face a face em uma tentativa de aliviar as tensões da guerra comercial.

O representante do governo americano para assuntos de comércio internacional, Robert Lighthizer, disse que ele e Steven Mnuchin, secretário do Tesouro, conversaram com Liu He, vice-premiê da China. 

“Eles concordaram em realizar reuniões em nível ministerial em Washington nas próximas semanas. Antes delas, encontros de escalão inferior ocorrerão em meados de setembro para preparar o terreno para um progresso significativo”, afirmou o USTr, o órgão de comércio exterior dos EUA.

O Ministério do Comércio da China disse que a visita a Washington pelas principais autoridades de Pequim estava marcada para o início de outubro.

Mnuchin e Lighthizer se encontraram com Liu pela última vez em Xangai, no fim de julho, uma reunião inconclusiva que levou a um rápida piora na tensão entre as duas maiores economias do mundo.

O presidente Donald Trump impôs tarifas de 15% sobre US$ 112 bilhões em mercadorias chinesas adicionais neste mês, antes de rotular a China de manipuladora cambial —o país desvalorizara o yuan.

Em 1º de outubro, os US$ 250 bilhões em produtos chineses que já estão sujeitos a taxas de 25% desde o início de junho verão essas tarifas subirem para 30%, pressionando ainda mais as duas economias. 

Trump e Xi Jinping, o dirigente chinês, se reuniram pela última vez em junho, no G20 em Osaka, Japão, mas a trégua teve uma curta duração em meio a uma quebra de confiança entre os dois países.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.