Descrição de chapéu Coronavírus

BNDES vai criar linha emergencial de R$ 2 bi para empresas da área de saúde

Segundo o banco de fomento já existem 30 empresas do setor que podem se beneficiar

Brasília

O presidente do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Gustavo Montezano, anunciou nesta sexta-feira (27) que a instituição vai criar uma linha emergencial de crédito de R$ 2 bilhões para empresas da área da saúde.

"Hoje estamos aprovando no banco uma linha emergencial no valor ate de R$ 2 bilhões na semana que vem", disse Montezano em entrevista no Palácio do Planalto.

Segundo o presidente do banco de fomento, já há cerca de 30 empresas do setor mapeadas que podem ser beneficiadas pela linha de crédito.

Presidente do BNDES, Gustavo Montezano, em seu gabinete, em Brasília
Presidente do BNDES, Gustavo Montezano, em seu gabinete, em Brasília - Pedro Ladeira/Folhapress

Sem dar detalhes, ele disse que devem ser apresentadas condições de taxas, garantias e prazos para auxiliar as empresas em meio à pandemia do novo coronavírus.

O anúncio foi feito durante entrevista coletiva no Palácio do Planalto com o presidente Jair Bolsonaro, e os presidentes da Caixa, Pedro Guimarães, e do Banco Central, Roberto Campos Netto.

O governo anunciou na coletiva uma série de medidas econômicas voltadas para pequenas e médias empresas devido à crise.

Apesar de o evento ter sido para anúncio de medidas econômicas, o ministro Paulo Guedes (Economia) não estava presente e não foi mencionado por Bolsonaro. O único que citou Guedes foi o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.