Itália anuncia novo pacote econômico por causa do coronavírus

Medidas incluem reduções de impostos e financiamentos adicionais para o serviço de saúde

Roma (Itália) | Reuters

A Itália vai colocar em prática nesta semana medidas no valor de 3,6 bilhões de euros (R$ 18 bilhões) para ajudar a economia a suportar o maior surto de coronavírus da Europa, disse o ministro da Economia, Roberto Gualtieri, neste domingo (1º).

Em entrevista ao jornal “La Repubblica”, Gualtieri disse que isso equivale a 0,2% do PIB (Produto Interno Bruto) e se soma a um pacote de ajuda no valor de 900 milhões de euros (R$ 4,5 bilhões) anunciado na sexta-feira (28) para as áreas mais afetadas.

Gualtieri disse que o novo projeto incluiria créditos tributários para empresas que reportassem uma queda de 25% nas receitas, reduções de impostos e financiamentos adicionais para o serviço de saúde.

"Quero tranquilizar os italianos de que estamos bem cientes dos problemas e perigos", disse Gualtieri, acrescentando que, se necessária ajuda adicional, ela terá que vir em nível europeu.

A Itália registrou mais de 1.694 casos confirmados de coronavírus desde que o contágio veio à tona nas regiões ricas do norte, em 20 de fevereiro. Pelo menos 34 pessoas morreram.

O ministro da Economia disse que estava confiante de que a União Europeia aprovaria o aumento proposto na meta oficial de déficit da Itália, acrescentando que os ministros do Eurogrupo conversariam no meio da semana por telefone sobre a situação.

Voos cancelados

Um dos setores que mais deverá sentir o impacto do coronavírus é o turismo, que corresponde por 13% do PIB italiano. Hotéis já começaram a reportar diversos cancelamentos de reservas, inclusive em cidades com poucos ou nenhum contágio, como é o caso de Roma.

A Turquia baniu, neste domingo, todos os voos que viriam da Itália ou que tivessem o país como destine, enquanto tanto os Estados Unidos quanto o Japão advertiram seus cidadãos a não viajar para o norte italiano, nem mesmo para os principais pontos turísticos da região, como Veneza e Verona.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.