Descrição de chapéu Coronavírus

Volkswagen fecha todas as fábricas na Europa por causa do coronavírus

Outras montadoras, como Fiat, Ferrari e Lamborghini, já haviam paralisado produção

Bruxelas

A pandemia de coronavírus praticamente paralisou a produção de carros na Europa, com a decisão nesta terça (17) da Volkswagen, maior montadora do mundo, de fechar todas as fábricas europeias por ao menos duas semanas.

Na segunda, Fiat, Ferrari, Lamborghini, Seat (ambas do grupo VW), Renault e PSA (que produz Peugeot, Citroen, Vauxhall, Opel e DS) já haviam anunciado que interromperiam a produção no continente.

Nesta terça, além da Volkswagen, Ford e Daimler adotaram a mesma medida.

A expansão dos casos de Covid-19 (doença provocada pelo coronavírus), as quarentenas e o fechamento de fronteiras afetam a indústria automobilística nas duas pontas: faltam peças para a produção e falta procura por parte do consumidor.

O principal executivo financeiro da VW, Frank Witter, disse que é impossível fazer qualquer previsão para este ano.

Funcionário da linha de montagem da fábrica localizada em Zwickau, na Alemanha - Matthias Rietschel/Reuters

A Ford, que já havia parado a produção na Espanha, fechou também as portas na Alemanha, Polônia e Romênia, por tempo indeterminado.

A mesma medida foi tomada pela Daimler, que fabrica a marca Mercedes-Benz na Alemanha, na Hungria e na França.

Com a parada das montadoras, fábricas de componentes também começaram a interromper suas linhas de produção.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.