Jeff Bezos é convocado a testemunhar sobre suposto uso de dados de vendedores da Amazon

Varejista online teria usado informações de vendedores para desenvolver produtos concorrentes

Washington | Reuters

O Comitê Judiciário da Câmara dos Deputados dos EUA convocou sexta-feira (1º) o fundador da Amazon, Jeff Bezos, para testemunhar sobre as alegações de que o varejista online usa dados de seus próprios vendedores independentes para desenvolver produtos concorrentes.

A convocação vem após um reportagem do jornal norte-americano The Wall Street Journal sobre o caso. Em uma carta a Bezos assinada por membros democratas e republicanos, os legisladores citaram a reportagem do jornal. "Se a reportagem do Wall Street Journal estiver correta, as declarações feitas pela Amazon ao um comitê sobre as práticas comerciais da empresa parece enganoso e possivelmente criminalmente falso ou perjúrio", diz a carta.

O empresário Jeff Bezos, dono da Amazon, durante conferência em Washington
O empresário Jeff Bezos, dono da Amazon, durante conferência em Washington - Joshua Roberts - 7.mar.17/Reuters

Um porta-voz da Amazon disse que a empresa não vai se pronunciar no momento.

Em 2019, Nate Sutton, assessor jurídico da Amazon, negou ao congresso norte-americano que a Amazon utilizava informações comerciais confidenciais de vendedores independentes.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.