Principal operador de dutos de combustíveis dos EUA para operações após ataque cibernético

Colonial Pipeline fechou toda a sua rede por tempo indeterminado

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Nova York | Reuters

A Colonial Pipeline, principal operadora de dutos de combustíveis dos Estados Unidos, fechou toda a sua rede após um ataque cibernético, disse a empresa em um comunicado na sexta-feira (7).

A rede da Colonial fornece combustíveis de refinarias dos EUA na Costa do Golfo para o populoso leste e sul dos Estados Unidos.

Ilustração de hacker
A Colonial Pipeline, principal operadora de dutos de combustíveis dos EUA, fechou toda a sua rede após um ataque cibernético - Kacper Pempel/REUTERS

A empresa transporta 2,5 milhões de barris por dia de gasolina, diesel, combustível de aviação e outros produtos refinados por meio de 8.850 km de dutos e transporta 45% do suprimento de combustíveis da Costa Leste.

O software malicioso usado no ataque foi o ransomware. Ransomware é um tipo de malware projetado para bloquear sistemas criptografando dados e exigindo pagamento para recuperar o acesso. A popularidade do malware cresceu nos últimos cinco anos e é mais frequentemente implantado por grupos cibercriminosos.

A empresa fechou sistemas para conter a ameaça depois de saber do ataque na sexta, disse a Colonial em comunicado. Essa ação interrompeu temporariamente as operações e afetou alguns de seus sistemas de TI, disse a empresa.

A Colonial contratou uma empresa terceirizada de segurança cibernética para iniciar uma investigação e contatou as autoridades policiais e outras agências federais, disse.

A Colonial não deu mais detalhes nem por quanto tempo seus dutos ficarão fechados.

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.