Descrição de chapéu Coreia do Norte

Coreia do Norte anuncia fracasso de negociações com EUA sobre programa nuclear

Conversas foram encerradas no primeiro dia de reuniões entre diplomatas, na Suécia

Estocolmo | Reuters

Negociações entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos sobre o programa nuclear de Pyongyang fracassaram, afirmou neste sábado (6) o diplomata que lidera a delegação norte-coreana.

"Os diálogos não corresponderam às nossas expectativas e ao fim foram encerrados", disse Kim Myong-gil em entrevista em frente à embaixada do país em Estocolmo. 

Foto realizada na quarta (2) e divulgada na quinta (3) pela agência norte-coreana KCNA mostra o teste do míssil Pukguksong-3 nas águas da baía de Wonsan
Foto realizada na quarta (2) e divulgada na quinta (3) pela agência norte-coreana KCNA mostra o teste do míssil Pukguksong-3 nas águas da baía de Wonsan - KCNA via KNS/AFP

Mais cedo, neste sábado, o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, afirmou que havia "muito a ser alcançado" nas negociações entre os dois países. Ele está em Atenas, onde faz a última parte de uma viagem pelo sul da Europa.

"Tenho a expectativa de que nós faremos progressos. Trouxemos um conjunto de ideias e esperamos que os norte-coreanos venham com um espírito aberto e dispostos a avançar para implementar o que o presidente [Donald] Trump e o líder Kim [Jong-un] acordaram em Singapura", disse.

Na ocasião, o mandatário e o ditador assinaram uma declaração conjunta que prevê a desnuclearização da península Coreana, na qual os dois países se comprometem com a “paz e prosperidade” na região.

A reunião foi a primeira entre diplomatas dos dois países desde junho, quando Trump e Kim Jong-un concordaram em retomar o diálogo após uma cúpula infrutífera em fevereiro, no Vietnã.

A Coreia do Norte afirmou na quarta (2) que havia testado, com sucesso, um míssil balístico lançado a partir de um submarino

O teste foi a ação mais provocativa do país desde que o regime abriu um canal de diálogo com os Estados Unidos em 2018. Resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas vetam o uso de tecnologia de mísseis balísticos pelo país desde 2006. 

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.