Descrição de chapéu Eleições EUA 2020

Pete Buttigieg e Bernie Sanders ficam no centro das críticas em debate do Partido Democrata

No oitavo debate do partido, em New Hampshire, vencedores em Iowa foram principais alvos dos rivais

Washington | Reuters

Os candidatos democratas à Presidência dos Estados Unidos Pete Buttigieg e Bernie Sanders, primeiros colocados no caucus de Iowa, enfrentaram muitas críticas dos rivais durante debate do Partido Democrata nesta sexta-feira (7), em New Hampshire.

Quatro dias antes das primárias no estado, os rivais enfatizaram que as visões socialistas democráticas de Sanders e a relativa falta de experiência e falta de apoio de Buttigieg os tornam opções arriscadas para a eleição de 3 de novembro.

Pete Buttigieg, Elizabeth Warren, Joe Biden e Bernie Sanders no palco durante o debate do Partido Democrata em New Hampshire
Os candidatos democratas à presidência dos Estados Unidos Pete Buttigieg, Elizabeth Warren, Joe Biden e Bernie Sanders participam do oitavo debate para as prévias do partido - Brian Snyder/Reuters

Sanders, senador e líder da ala progressista do partido, e Buttigieg, ex-prefeito de South Bend, Indiana, terminaram as atribuladas primárias realizadas no estado de Iowa, no início desta semana, em um virtual empate.

O ex-vice-presidente Joe Biden, que obteve um decepcionante quarto lugar em Iowa, teve sua performance mais agressiva até agora, um sinal de possível desespero na tentativa de se recuperar.

Biden disse que Trump teria facilidade contra Sanders em uma campanha eleitoral, e que Sanders prejudicaria os outros candidatos democratas nas corridas estaduais e federal.

"Bernie se rotulou de socialista democrático. Acho que esse é o rótulo que o presidente colocará em todos que concorrem se Bernie for o candidato", disse Biden.

A senadora Amy Klobuchar, que terminou em quinto em Iowa, disse que Sanders não atrairia os eleitores centristas que os democratas precisam para vencer.

"O pior pesadelo de Donald Trump é um candidato que atrairá pessoas do meio", disse ela, no oitavo debate democrata. "Acho que precisamos de alguém que realmente traz as pessoas consigo em vez de excluí-las".

Sanders, que pediu uma revolução política que atraia novos eleitores, disse que "a maneira de derrotar Trump é ter a maior participação de eleitores na história deste país". E se colocou como quem pode apelar aos eleitores da classe trabalhadora que desistiram do processo político.

Biden e Klobuchar também questionaram se Buttigieg tinha experiência suficiente para enfrentar Trump.

Ele, que serviu por dois mandatos como prefeito de South Bend, uma cidade de 100 mil habitantes, disse que a experiência de alguns de seus rivais não é mais o essencial, e que era hora de "virar a página" para o antiga política de Washington.

"É fácil criticar Washington, porque é uma coisa popular a se fazer", disse Klobuchar, dizendo a Buttigieg que "faz você parecer um novato legal".

'Provavelmente vou me acertar'

Historicamente, os candidatos que vencem as eleições de Iowa têm um impulso em New Hampshire, e duas pesquisas de opinião divulgadas nesta semana mostraram Buttigieg a uma distância impressionante de Sanders, que sempre esteve no topo no estado.

Com a controvérsia em torno dos caucuses de Iowa —problemas técnicos e inconsistências atrasaram os resultados por dias—, as primárias de New Hampshire na terça-feira (11) assumem uma importância adicional.

O ativista bilionário Tom Steyer, que se concentrou bastante nas primárias nos estados de Nevada e na Carolina do Sul, lançou uma longa discussão sobre raça e observou a ampla diversidade do partido.

Ele atacou Buttigieg, dizendo que não conseguiu demonstrar muito apelo aos eleitores negros e latinos, que são cruciais para uma campanha democrata vencedora.

"A menos que você possa apelar para as diversas partes do Partido Democrata, incluindo especificamente a comunidade negra, incluindo especificamente os latinos, se você não puder fazer isso, não podemos derrotar Donald Trump em novembro", disse Steyer.

Buttigieg foi criticado por sua atuação em South Bend. Quando perguntado sobre um aumento nas prisões de negros por acusações relacionadas a maconha, ele disse que, como prefeito, visava casos em que "havia violência armada e violência de gangues".

Questionada sobre a resposta de Buttigieg, a senadora norte-americana Elizabeth Warren retrucou. "Não. Você precisa se responsabilizar pelos fatos."

Os rivais democratas também tiveram momentos de união: quando o assunto de Donald Trump surgiu.

Biden criticou a demissão do tenente-coronel do exército Alexander Vindman, principal especialista ucraniano no Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, dois dias após Trump ser absolvido em seu julgamento de impeachment no Senado. 

Vindman serviu como testemunha principal durante o processo de impeachment da Câmara dos Deputados.

Biden disse que Trump "deveria atribuir uma medalha a Vindman e não a Rush Limbaugh", uma referência à decisão do presidente de entregar a Medalha Presidencial da Liberdade ao radialista conservador no início deste mês.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.