Descrição de chapéu Café da Manhã pantanal

Um ano depois, Pantanal enfrenta seca e teme a volta do fogo; ouça podcast

Ainda sob impacto da destruição de 2020, estiagem severa cria medo de que queimadas deste ano sejam ainda piores

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O Brasil vive a pior seca dos últimos 91 anos. É nesse contexto que o Pantanal enfrenta uma estiagem severa, o cenário ideal para que o fogo se alastre e possa ser pior do que no ano passado --quando um quarto do bioma foi destruído pelas queimadas.

A devastação gerou uma crise de imagem internacional para o Brasil, além da perda do patrimônio ambiental do país.

O Café da Manhã foi ao Pantanal ver o impacto das queimadas do ano passado na região. As repórteres Jéssica Maes e Natália Silva foram às cidades de Ladário e Corumbá, no Mato Grosso do Sul, e contam os moradores afetados se preparam para a nova temporada de fogo que se aproxima Elas também explicam de onde vêm as queimadas e relatam os danos à fauna e à flora do bioma.

O programa de áudio é publicado no Spotify, serviço de streaming parceiro da Folha na iniciativa e que é especializado em música, podcast e vídeo. É possível ouvir o episódio clicando abaixo. Para acessar no aplicativo basta se cadastrar gratuitamente.

Ouça o episódio:

O Café da Manhã é publicado de segunda a sexta-feira, sempre no começo do dia. O episódio é apresentado pelos jornalistas Magê Flores e Maurício Meireles, com roteiro de Jéssica Maes e Natália Silva. A produção é de Laila Mouallem e Victor Lacombe. A edição de som é de Thomé Granemann.

Imagem de capa do podcast Café da Manhã, com o nome do programa escrito sobre vários recortes de jornais. Logos de de Spotify e Folha de S.Paulo podem ser vistas nos cantos
Podcast Café da Manhã - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.