Com permanência de Baldy no governo, PP detém maiores orçamentos da Esplanada

Partido comanda as pastas da Saúde, Cidades e Agricultura, além da presidência da Caixa

Talita Fernandes
Brasília

Com a decisão do ministro Alexandre Baldy (Cidades) de permanecer no governo, o PP se mantém controlando os maiores orçamentos da Esplanada. 

A sigla detém a pasta da Saúde, atualmente ocupada por Gilberto Occhi. E também controla o Ministério de Agricultura e Abastecimento, com Blairo Maggi, que abriu mão de disputar reeleição ao Senado por Mato Grosso e também segue no governo. 

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, durante a abertura da segunda fase do Processo Seletivo Avançar Cidades, em Brasília - Fátima Meira/Futura Press/Folhapress

O partido continua ainda na presidência da Caixa Econômica Federal, banco público responsável pelo financiamento de programas sociais e de transferência de renda, como Minha Casa, Minha Vida e Bolsa Família. Occhi deixou o comando do banco na semana passada para assumir a Saúde e o PP indicou Nelson Antônio de Souza para seu lugar. 

Detentor de um dos maiores orçamentos entre os ministérios, Cidades foi alvo de disputa entre o MDB e o PP. 

O partido do presidente Michel Temer tenta conquistar mais espaço na reforma ministerial. A bancada do MDB da Câmara queria que Carlos Marun fosse para Cidades, mas o partido acabou vencido pela decisão de Baldy em ficar no governo. Ele se filiou recentemente ao PP e, se saísse do Ministério, o partido perderia a pasta.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.