MST invade fazenda da família de Geddel na Bahia

Segundo a Polícia Civil, não houve registro de violência durante a invasão

O ministro-chefe da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima, que teve a fazenda invadida
O ministro-chefe da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima, que teve a fazenda invadida - Alan Marques - 22.nov.2016/Folhapress
João Pedro Pitombo
Salvador

Um grupo de cerca de 30 militantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) invadiu uma fazenda da família do ex-ministro Geddel Vieira Lima em Maiquinique, cidade do sudoeste da Bahia.

Os manifestantes ocuparam a fazenda na madrugada deste domingo (29). Segundo a Polícia Civil, não houve registro de violência durante a invasão.

A polícia acompanha a situação e aguarda uma possível ordem de reintegração de posse. A defesa da família deve ingressar com o pedido para retomar a posse fazenda após o feriado desta terça-feira (1º).

Em setembro do ano passado, esta mesma fazenda foi alvo de bandidos que furtaram 25 cabeças de gado. Na mesma época, outra fazenda na região foi invadida por supostos índios pataxós que alegaram que as terras seriam de seus antepassados.

O ex-ministro está preso na Penitenciária da Papuda, em Brasília, desde setembro do ano passado. Ele foi detido após a descoberta de um 'bunker' com R$ 51 milhões em um apartamento em Salvador. Ele é suspeito de crimes como corrupção e lavagem de dinheiro.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.