Conheça as convidadas do fórum Exploração Sexual Infantil

Evento, que acontece na quarta-feira (15), discutirá combate na esfera online

São Paulo

Folha realiza, no dia 15 de maio (quarta-feira), a terceira edição do seminário Exploração Sexual Infantil.

O seminário contará com uma palestra da ativista antipornografia Gail Dines, professora emérita de sociologia e estudos de mulheres no Wheelock College, em Boston.

O combate à exploração na esfera virtual, inclusive nas redes sociais, será tema de debate. Ao longo de 2018, operações deflagradas pela Polícia Federal para apurar crimes relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes na internet resultaram em diversas prisões —em uma delas, ocorrida em maio, foram 251 prisões em flagrante. 

O evento, que tem patrocínio do Instituto Liberta, acontece a partir das 8h no Unibes Cultural (rua Oscar Freire, 2500 - Sumaré), em São Paulo. 

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do site Folha Eventos. Conheça, abaixo, as palestrantes do evento.

Fernanda Teixeira Souza Domingos

É procuradora da República do Ministério Público Federal de São Paulo, onde atua como coordenadora do Grupo de Combate aos Crimes Cibernéticos. Foi coordenadora adjunta do Grupo sobre Criminalidade Cibernética da Câmara Criminal da Procuradoria-Geral da República. Possui especializações pela Escola Superior do Ministério Público de São Paulo e pela Escola Superior do Ministério Público da União.


Gail Dines

É ativista antipornografia e professora emérita de sociologia e estudos de mulheres no Wheelock College, em Boston, nos Estados Unidos. Pesquisa e escreve sobre a indústria pornográfica há mais de 25 anos. É autora de "Pornland: como a pornografia invadiu nossa sexualidade", que foi traduzido para cinco idiomas. Recebeu o Prêmio Myers Center na categoria de estudos de direitos humanos. 


Luciana Temer

É diretora-presidente do Instituto Liberta. Foi secretária de Assistência e Desenvolvimento Social do Município de São Paulo. Doutora em direito pela PUC-SP, é professora assistente da Faculdade de Direito da PUC-SP e professora do curso de mestrado em direito na Uninove. 


Natália Neris

É coordenadora da área de desigualdades e identidades no InternetLab, serviço de pesquisa em direito e tecnologia. É doutoranda em direitos humanos na Faculdade de Direito da USP. Possui mestrado em direito e desenvolvimento pela Escola de Direito de São Paulo da FGV.


Rebecca Barros

É gerente sênior de transformação digital da Accenture Digital. Possui doutorado e mestrado em economia pela FGV, ambos focados em algoritmos para análise de dados. Possui 20 anos de experiência em soluções analíticas. Atua na concepção e desenvolvimento de projetos para processamento de dados (big data).

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.