Google Fotos enviou vídeos de usuários para terceiros

Falha ocorrida em novembro fez com que usuários acidentalmente baixassem conteúdo de outras pessoas

São Paulo

Uma falha fez com que vídeos que usuários salvaram no Google Fotos fossem enviados para terceiros sem autorização entre 21 e 25 de novembro de 2019.

O Google Fotos é o serviço da empresa de tecnologia voltado ao armazenamento de imagens e vídeos. Ele permite o salvamento automático na nuvem do conteúdo feito com a câmera do celular. 

Com o problema, ao exportar dados usando um sistema chamado Takeout —que permite baixar todas as informações que o Google tem sobre o usuário—, os vídeos de algumas pessoas foram trocados.

Palavra "Google" aparece iluminada por trás em fundo totalmente escuro, com uma lâmpada acesa acima dela
Logo do Google durante o Fórum Econômico Mundial em Davos - Arnd Wiegmann/REUTERS

Isso significa que, ao solicitar o download desse conteúdo, um internauta poderia receber vídeos alheios, em vez de os seus próprios. 

Em nota enviada à Folha, o Google confirmou o incidente e disse estar notificando usuários sobre a falha.

Um usuário identificado como Jon Oberheide compartilhou, no Twitter, o comunicado que recebeu da empresa. O texto diz que dados baixados podem estar "incompletos e podem conter vídeos que não são seus."

A plataforma recomenda a exclusão dos dados baixados no período e que um novo download seja feito no Google Takeout, que segundo a empresa já foi consertado.

Não foram confirmados quantos usuários foram afetados, nem se brasileiros estavam entre os impactados pelo problema.

De acordo com o site "9to5Google", especializado em assuntos relacionados à empresa, 0,01% dos usuários que solicitaram os dados pelo sistema Takeout nesse período foram afetados. 

 
Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.