São Paulo

Cidade californiana banhada pelo oceano Pacífico, é parte do Vale do Silício, sede de empresas de tecnologia

O que fazer: O maior símbolo de San Francisco é a ponte Golden Gate —que some de uma hora para outra quando a neblina baixa. A cidade de clima instável também é marcada pela diversidade cultural, pelas áreas verdes que convidam a um piquenique e pelas ladeiras que podem ser percorridas de bonde. 

Não deixe de ir ao Pier 39, um centro comercial com várias de lojas e restaurantes. Lá também está o Aquarium of the Bay, um dos maiores dos Estados Unidos.

Aproveite a viagem e conheça também a Ilha de Alcatraz. Cenário de diversos filmes, a ilha se tornou famosa por abrigar um presídio federal considerado o mais seguro do país no século 20. Durante a visita é possível entrar e ver como eram as celas, na maioria pequenas, úmidas e apertadas; as solitárias; a área de controle e a mais famosa cela do presídio, de número 101, que abrigava os únicos três prisioneiros que conseguiram escapar de lá.

Sinta-se lá: O filme "Milk" (2008) mostra a cidade nos anos 1970, quando Harvey Milk, o primeiro homem a se declarar homossexual e ocupar um cargo público nos Estados Unidos, fazia campanha para se eleger supervisor de San Francisco.

Como chegar: Não há voos diretos do Brasil para a cidade, mas é fácil fazer conexão em hubs dos Estados Unidos, como Houston, Washington, Dallas e Chicago. A Cidade do Panamá é outra opção.

Quando ir: O tempo é sempre instável na cidade, então um casaco pode ser necessário durante o ano todo. O inverno, além de frio, tem muita chuva e vento, o que atrapalha os passeios. A cidade fica mais cheia no verão, então prefira as estações intermediárias, entre março e junho e de setembro a novembro.

Confira o que fazer nos 50 destinos eleitos pelo júri de Turismo

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.