Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu
Publicidade

Facebook tem mensagens escondidas em 'pasta secreta'

Mais opções
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
  • RSS

Milhões de usuários conectam-se ao Facebook várias vezes ao dia para ver se há novidades no seu painel de notificações.

Os pequenos números vermelhos são tão sedutores a ponto de serem imitados por outros sites para chamar a atenção do usuário.

Só que existe um tipo de mensagem que você recebe pelo Facebook e nenhum numerozinho vermelho acende.

São mensagens que ficam acumuladas em uma pasta "secreta", que pouquíssimos usuários já descobriram. Basta fazer o teste. Clique no tradicional ícone de mensagens. No topo aparecerá em negrito sua "caixa de entrada".

Ao lado dela haverá em cinza bem claro, quase imperceptível, um texto escrito "Outras". Ao clicar, lá vem a surpresa. Dependendo do usuário, pode haver dezenas de mensagens nunca lidas, entre as quais muitas inúteis, mas outras não (no meu caso, havia pelo menos cem mensagens).

Como apontado pelo jornalista David Pogue, do "New York Times", a pasta misteriosa tem explicação.

Ela faz parte do programa "US$ 1 por mensagem" que está sendo implementado pelo Facebook.

Funciona assim: se você quiser escrever para alguém que não faz parte dos seus amigos, há duas opções: pagar US$ 1 e a mensagem ir para a caixa de entrada usual da pessoa.

Ou decidir não pagar e a mensagem ir direto para a pasta "Outras", que pouquíssima gente lê.

Se por um lado isso evita "spam", por outro mostra o poder do design: é fácil conduzir a atenção dos usuários para um lugar e ocultar outro. Mesmo que você acesse o site várias vezes, todos os dias.

READER

JÁ ERA Tablets pensados só para jovens e adultos

JÁ É Tablets para crianças, como o XO, vendido nos EUA

JÁ VEM Tablets para idosos, como o Clariscompanion.com, que vira um porta-retrato digital quando desligado

ronaldo lemos

Ronaldo Lemos é diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro e do Creative Commons no Brasil. É professor de Propriedade Intelectual da Faculdade de Direito da UERJ e pesquisador do MIT Media Lab. Foi professor visitante da Universidade de Princeton. Mestre em direito por Harvard e doutor em direito pela USP, é autor de livros como 'Tecnobrega: o Pará Reiventando o Negócio da Música' (Aeroplano) e 'Futuros Possíveis' (Ed. Sulina). Escreve às segundas.

Mais opções
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
  • RSS

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade call of duty

Livraria da Folha

As Ideias Conservadoras
João Pereira Coutinho
De:
Por:
Comprar
Pensadores da Nova Esquerda
Roger Scruton
De:
Por:
Comprar
Tudo o que Eu vi e Vivi
Rosane Malta
De:
Por:
Comprar
O Caso dos Nove Chineses
Ciça Guedes e Murilo Fiuza
De:
Por:
Comprar
Publicidade
Publicidade

Folha Shop

Smart TV Smart TV Diversas ofertas a partir de R$ 856,11

Notebook Notebook Trabalhe, estude, jogue, a partir de R$ 769,00

Celulares | Tênis | Mais...

Voltar ao topo da página