Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
18/07/2010 - 18h55

Pit bull ataca garoto em Jaboticabal (SP)

Publicidade

DE RIBEIRÃO PRETO

Um adolescente de 17 anos morreu após um ser atacado por dois cães da raça pit bull hoje à tarde em Jaboticabal (342 km de São Paulo).

De acordo com a Polícia Civil, Jonata Moraes, 17, pulou o muro de uma chácara no Jardim Botânico e foi surpreendido pelos dois cães.

A suspeita da polícia, que será apurada, é de que o adolescente tentava furtar a chácara. O caso aconteceu por volta das 14h.

Segundo Corpo de Bombeiros, o garoto teve muitos ferimentos na cabeça e no pescoço e ficou com o rosto desfigurado.

Jonata foi encaminhado para o hospital Santa Isabel de Jaboticabal e chegou a ser socorrido ao centro cirúrgico, mas morreu em seguida.

Segundo a Polícia Civil, o jovem já tinha sido flagrado em alguns furtos na cidade. No momento do ataque, os donos da chácara, que moram no local, não estavam, e foi o caseiro quem chamou socorro para o rapaz.

A eventual responsabilidade do proprietário dos cachorros ainda será apurada, segundo a polícia. Ele poderá responder por homicídio culposo (sem intenção) caso se comprove que o ataque foi devido a negligência --por exemplo, se os animais escaparam ou se o muro era baixo para impedir que os cães atacassem pessoas que se aproximassem da casa.

Na região, um dos últimos ataques de pit bull aconteceu em julho do ano passado em Ribeirão Preto. André Augusto Spadaro, 20, trabalhava na floricultura da família quando o cachorro, magro e ferido, entrou na loja.

Segundo contou na época a mãe da vítima, Silvia de Andrade, 47, o filho tentou espantá-lo, quando o cão o atacou na coxa e nas mãos. O rapaz foi socorrido e levou pontos nas feridas.

O cão foi levado para o Centro de Controle de Zoonoses. A polícia não localizou o dono. Neste ano, em Ribeirão, a Zoonoses registrou 2.868 acidentes envolvendo cães nos 12 meses de 2009, uma média de oito pessoas feridas por dia.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página