Saltar para o conteúdo principal Saltar para o menu

No Japão, sempre recolhemos o lixo, diz japonês após jogo em Natal

Mais opções
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
  • RSS

A torcida japonesa repetiu uma cena incomum e que rendeu diversos elogios nesta Copa-14.

Após o empate em 0 a 0 com a Grécia, parte dos torcedores que se concentravam atrás de um dos gols da Arena das Dunas, em Natal, ficou no estádio recolhendo o lixo do chão.

A Folha presenciou ao menos cinco jovens recolhendo papéis, pedaços de plástico ou restos de comida e colocando em grandes sacos azuis que levaram para o jogo.

Cerca de 30 minutos após a partida, essa parte da torcida permanecia no estádio, que já estava praticamente vazio.

Um dos que recolhiam o lixo era Sotaro Noda, 33. Consultor de uma empresa que trabalha com cuidados com o meio ambiente no Japão, ele disse considerar comum o hábito de recolher lixo no estádio. "Fazemos sempre nos jogos no Japão", afirmou.

Ele e outros dois amigos estavam no Recife –quando a ação surpreendeu os brasileiros e rendeu elogios nas redes sociais aos japoneses– e disse que irá assistir ao jogo contra a Colômbia, em Cuiabá, na próxima terça-feira (24).

Questionado sobre a sujeira das cidades brasileiras, ele sorriu e disse: "Um pouquinho."

DIA MAIS LIMPO DA ARENA

Uma hora depois do jogo, a equipe de limpeza do estádio começou a trabalhar e disse à Folha que havia sido o dia com menos sujeira no estádio.

Segundo uma funcionária, que pediu para não se identificar, é comum as arquibancadas estarem cheias de copos, garrafas de água vazias, papéis e plásticos após os jogos. Até uma fralda já foi encontrada.

De acordo com as funcionárias, depois da vitória dos EUA contra Gana havia pouco lixo no chão, menos que na vitória do México sobre Camarões. Já o empate entre japoneses e gregos, com torcida japonesa predominando na arena, quase não deixou lixo no chão.

Até uma TV japonesa foi registrar os japoneses limpando o estádio. Mas surpreso mesmo o jornalista japonês ficou com o fato de a Folha estar fotografando e fazendo entrevistas no local. "Os brasileiros estão surpresos?" e "O que estão pensando dos japoneses?", questionou.

Mais opções
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
  • RSS

Livraria da Folha

Publicidade
Publicidade

Siga a folha

Publicidade

+ Livraria

Livraria da Folha

Jogo Roubado
Brett Forrest
De:
Por:
Comprar
Festa Brasil (DVD)
Vários
De:
Por:
Comprar
The Yellow Book
Toriba Editora
De:
Por:
Comprar
Futebol Objeto das Ciências Humanas
Flávio de Campos (Org.), Daniela A.
De:
Por:
Comprar
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Voltar ao topo da página