Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
20/02/2013 - 23h58

Em evento do PT, militantes agridem e xingam jornalista

Publicidade

DE SÃO PAULO

No evento em comemoração aos dez anos do PT no governo federal, militantes do partido xingaram e chutaram uma jornalista da Folha. A agressão aconteceu do lado de fora do auditório onde foi realizado o ato.

A festa, que ocorreu na noite desta quarta-feira (20) em um hotel ao lado do Sambódromo do Anhembi em São Paulo, teve a presença da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, além de ministros e líderes de partidos aliados.

Inicialmente, a organização havia dito que estava prevista a presença de mil pessoas no auditório do ato, mas o número de presentes foi maior e muitos militantes foram barrados pela segurança. Com isso, iniciaram um tumulto na entrada e ameaçaram invadir o espaço.

A organização do ato deslocou seguranças para conter os insatisfeitos, que gritavam palavras de ordem.

A jornalista Daniela Lima, que registrava a movimentação, foi chutada por um militante e xingada por outros, que estimularam a agressão. Para interromper o tumulto, um apoiador do PT abriu espaço para que a profissional se afastasse do grupo e fosse auxiliada pela segurança.

Após o ocorrido, o presidente do PT, Rui Falcão, e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, pediram desculpas e lamentaram o episódio.

A confusão atrapalhou inclusive a entrada de convidados do partido, como o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT).

"É muita gente querendo entrar e acho que eles [a organização] estão preocupados por causa daquilo que aconteceu no Rio Grande do Sul", afirmou o prefeito, referindo-se ao incêndio na boate Kiss, que matou centenas de jovens, em Santa Maria.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página