Saltar para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade

 
  Siga a Folha de S.Paulo no Twitter
10/11/2010 - 11h56

Haddad deve ir à Câmara dia 17 dar explicações sobre Enem, diz deputado

Publicidade

DA AGÊNCIA BRASIL

O ministro da Educação, Fernando Haddad, deverá comparecer à Câmara dos Deputados na próxima quarta-feira (17) para prestar esclarecimentos sobre os problemas ocorridos na prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

A informação é do presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara, deputado Angelo Vanhoni (PT-PR), que disse ter conversado por telefone com Haddad e recebido dele a confirmação sobre a presença no local.

Acompanhe a Folha Poder no Twitter
Comente reportagens em nossa página no Facebook

"Ele [Haddad] estará aqui [na Comissão de Educação da Câmara] já na quarta-feira da semana que vem para prestar os esclarecimentos devidos", informou Vanhoni.

Um requerimento que pedia a convocação do ministro à comissão já estava pronto, mas como Haddad se prontificou a ir, o documento não será protocolado.

Ontem, a Comissão de Educação do Senado aprovou requerimento que convida o ministro da Educação a comparecer ao local e prestar informações sobre os problemas ocorridos durante a aplicação do Enem no último fim de semana. Ainda não há data para que o ministro compareça ao Senado.

Um erro de montagem nos cadernos de prova amarelos prejudicou vários estudantes que realizaram a prova no sábado (6).

Segundo o MEC (Ministério da Educação), o erro foi localizado em um lote de 21 mil provas, mas havia cerca de 370 mil cadernos sobressalentes que poderiam ser trocados pelos fiscais no momento em que o candidato percebeu o erro. O MEC está apurando com o consórcio responsável pela aplicação do exame o total de participantes que não teriam recebido uma nova prova.

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade


 

Voltar ao topo da página