Siga a folha

Descrição de chapéu Livros

Poesia que era para ser póstuma deve sair com autora ainda viva

Aos 88 anos e vivendo em lar para idosos, Maria Lúcia Alvim permitiu publicação de inédito

Conteúdo restrito a assinantes e cadastrados Você atingiu o limite de
por mês.

Tenha acesso ilimitado: Assine ou Já é assinante? Faça login

A Relicário publica em agosto "Batendo Pasto", livro escrito em 1982 por Maria Lúcia Alvim —resgatado de um manuscrito que a poeta mineira havia confiado a Paulo Henriques Britto com instruções para publicar só depois de sua morte.

Aos 88 anos e vivendo num lar para idosos em Juiz de Fora, em Minas Gerais, a irmã de Francisco Alvim foi convencida por Britto e Ricardo Domeneck a permitir a publicação deste seu primeiro inédito em 40 anos.

Como escreve Domeneck no prefácio: "É hora de acabarmos com esses desperdícios de poetas, com a necrofilia que leva tantos a receber atenção apenas por 24 horas nas redes sociais após suas mortes". O livro, para ele, é um pequeno milagre "nesse ano em que estamos tão necessitados de milagres".

LIBERTAÇÃO E a vida de Angela Davis, uma das maiores intelectuais do antirracismo, vai virar história em quadrinhos. Em “Miss Davis”, que chega em agosto pela Agir, o traço do artista Amazing Améziane mostra a formação da professora desde a infância, sua relação com os Panteras Negras e o movimento mundial desencadeado por sua prisão nos anos 1970.

Ilustração de Amazing Améziane para a história em quadrinhos "Miss Davis: A Vida e as Lutas de Angela Davis" (Agir) - Divulgação

O OVO CHOCADO A Intrínseca comprou os direitos da continuação de "M, o Filho do Século", romance sobre a ascensão de Mussolini que vendeu mais de 10 mil cópias no Brasil desde o lançamento, em janeiro. A sequência "M, l'Uomo della Provvidenza" abarca o período de 1925 a 1932 e sai na Itália em setembro, ainda sem previsão por aqui.

COM QUANTOS GIGABYTES... A Rocco vai testar uma nova estratégia no lançamento da próxima obra do rabino Nilton Bonder, na terça-feira (7). Feito no formato de live, o evento vai contar com uma fila de autógrafos virtual.

...SE FAZ UMA JANGADA Após um bate-papo na página do Submarino no Instagram, os leitores poderão se inscrever para passar uns minutinhos conversando com Bonder, ao estilo de uma fila presencial. Depois o livro, "A Cabala e Arte da Preservação da Alegria", chega com dedicatória à casa de cada um que comprar pela plataforma.

FRENTE DO VERSO Sai no dia 12 o primeiro número da revista p-o-e-s-i-a, editada por Sergio Cohn e Beatriz Azevedo. A edição de estreia abordará a produção poética indígena, com ensaios de Kaká Werá, Daniel Munduruku e Eliane Potiguara e poemas de 15 autores. A publicação faz parte de um financiamento coletivo para poetas em dificuldade financeira devido à pandemia: ela será enviada quem apoiar o projeto e os lucros de suas vendas serão revertidos para bolsas.

VAZANTE DA INFOMARÉ O clube de livros TAG também criou ações contra os efeitos do coronavírus no mercado: disponibilizou uma planilha colaborativa que lista livrarias independentes que seguem fazendo entregas por todo o Brasil. E lançou um serviço novo para seus assinantes, adicionando ao kit mensal de julho, pelo preço de custo de R$ 27,90, um livro do catálogo de uma editora independente, entre 11 casas parceiras.

Receba notícias da Folha

Cadastre-se e escolha quais newsletters gostaria de receber

Ativar newsletters

Relacionadas