Júpiter e Saturno se encontram em alinhamento raro no céu; veja imagens

Fenômeno acontece em média a cada 20 anos, e nova aproximação visível dos planetas deve ocorrer em 2080

São Paulo

Um fenômeno raro pode ser observado no céu até o sábado (26). A conjunção das órbitas de Júpiter e Saturno faz com que uma pessoa na Terra veja os dois planetas muito próximos um do outro, ainda que a distância real entre os dois astros seja de milhões de quilômetros.

Na noite da segunda-feira (21) foi praticamente impossível distinguir os planetas a olho nu, podendo ser vistos como um único ponto luminoso, com a aparência de uma estrela. O fenômeno acontece, em média, a cada 20 anos, mas nem sempre pode ser enxergado, segundo o Observatório Nacional. A próxima vez que a conjunção estará visível na Terra será no ano de 2080.

A proximidade entre os planetas neste ano é ainda mais rara: a última vez que Júpiter e Saturno puderam ser vistos tão perto um do outro foi no ano de 1623.

Astrônomos profissionais e amadores se mobilizam nesta semana para observar o fenômeno. De acordo com o Observatório Nacional, a conjunção pode ser vista na mesma região do pôr do sol alguns minutos depois que a estrela desaparecer do horizonte.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.