Com dia D e posto na Paulista, SP terá final de semana de vacinação infantil

Objetivo é imunizar crianças entre 1 e 5 anos contra poliomielite e sarampo

São Paulo

Neste sábado (25), a cidade de São Paulo tem um "dia D" para a vacinação infantil. A operação inclui visitas de agentes de saúde a casas para orientar pais e responsáveis sobre a imunização.

No domingo (26), um posto extraordinário funcionará na avenida Paulista ​​para aplicação de doses contra a poliomielite e o sarampo em crianças entre 1 e 5 anos.

Confira o que é preciso saber sobre os dois dias de ação da prefeitura.

Funcionamento de unidades

Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município abrirão neste sábado, das 8h às 17h. A lista está disponível no site da prefeitura.

Vacinas

São aplicadas doses de vacina para a poliomielite (paralisia infantil​) e a tríplice viral, que além do sarampo protege contra caxumba e rubéola.

Público-alvo

A vacina é destinada a crianças que têm mais de 1 ano e ainda não completaram 5 anos. Ela é gratuita e resulta de uma campanha nacional de vacinação contra o ressurgimento do sarampo e da poliomielite.

Busca casa a casa

Para alcançar a meta nacional de 95% de crianças nesta faixa etária, agentes da prefeitura farão visitas neste sábado a residências em suas áreas de atuação.

As visitas têm o propósito de conscientizar sobre a importância da imunização. Não serão aplicadas vacinas nas casas, apenas nos postos de saúde.

Prazo

A campanha teve início em 4 de agosto e tem encerramento previsto no próximo dia 31.

Cobertura

Entre o início da campanha e a última quinta-feira (23), foram aplicadas 697.568 vacinas na cidade de São Paulo. 351.055 contra a pólio e 346.513 da tríplice viral. Uma criança pode ter tomado as duas em uma mesma ocasião.

Isso significa que a cobertura na cidade alcançou 59,3% para a poliomielite e 58,5% da tríplice viral no público-alvo.

Posto na avenida Paulista

No domingo um posto volante no Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2.073, próximo ao Metrô Consolação) fará a vacinação das 9h às 16h.

Vacinação em escolas

De segunda (27) até a próxima sexta (31) a vacinação é oferecida pela prefeitura também em centros de educação infantil (CEI), escolas municipais de educação infantil públicas (Emei), creches e escolas de ensino infantil privadas.


Abaixo, veja perguntas e respostas sobre sarampo, poliomielite e a campanha de vacinação.

 

Quem deve ser vacinado durante a campanha? Crianças com idade a partir de 1 ano e menor que 5 anos, ainda que já tenham sido vacinadas contra sarampo e poliomielite 

Até quando vai a campanha? Até 31 de agosto

Que vacinas são oferecidas? As crianças que nunca tomaram nenhuma dose da vacina contra poliomielite receberão a vacina injetável; as que já tiverem tomado uma ou mais doses receberão a vacina oral. Quanto ao sarampo, todas receberão uma dose da tríplice viral, que protege também contra caxumba e rubéola, exceto as que tomaram essa vacina há menos de 30 dias

O que é o sarampo? É uma doença infecciosa, causada por um vírus. É grave e extremamente contagiosa. Suas complicações são maiores em crianças menores de um ano de idade e desnutridas

Quais são os sintomas? Manchas avermelhadas na pele, manchas brancas na parte de dentro das bochechas, febre alta, tosse, coriza e conjuntivite

Como ela é transmitida?  Pelo contato direto com a secreção do doente e pelo ar

Como me prevenir contra a doença? Tomando a vacina. Bebês devem receber, aos 12 meses, uma dose da tríplice viral (contra sarampo, caxumba e rubéola) e, aos 15 meses, uma dose da tetra viral (que também protege contra catapora). Quem não tomou a vacina na infância deve tomá-la depois: duas doses da tríplice viral se tiver até 29 anos e uma dose se tiver de 30 a 49 anos. Na campanha atual, contudo, o Ministério da Saúde está convocando todas as crianças com mais de um ano e menos que cinco, independentemente da situação vacinal

Adultos podem ser vacinados? Adultos não são o foco da campanha atual, que é específica para crianças, mas eles podem ser vacinados normalmente nos postos de saúde, a depender da situação vacinal

O bebê pode tomar a vacina tetra viral junto com outras? Sim, exceto com a de febre amarela

Quem não deve tomar a vacina? Gestantes, bebês com menos de seis meses, pessoas com suspeita de sarampo e imunocomprometidos. Quem já teve a doença também não precisa se imunizar

Quanto tempo a vacina leva para fazer efeito? De duas a três semanas

Não me lembro se fui vacinado, o que devo fazer?  Se tiver até 49 anos de idade, tome a vacina. A partir dessa idade, a imunização deve ser avaliada caso a caso

E a poliomielite? Também chamada de paralisia infantil, é uma doença infectocontagiosa grave e caracterizada por um quadro de paralisia flácida, de início súbito e evolução rápida. Acomete principalmente os membros inferiores. Está erradicada em quase todo o mundo e não há casos no Brasil há 20 anos. Contudo, houve registro do vírus em mais de 20 países nos últimos anos

Fontes: Ministério da Saúde, Secretaria de Saúde do RJ e infectologista Renato Kfouri

​​

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.