Descrição de chapéu Agora

Sabesp faz acordo para fornecer água e tratar esgoto em Guarulhos

Empresa promete acabar com rodízio no abastecimento da cidade até fim de 2019

São Paulo | Agora

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), da gestão Márcio França (PSB), entrou em acordo com a prefeitura de Guarulhos, na Grande SP, e vai assumir o fornecimento direto de água e parte do tratamento de esgoto do município.

Assim, existe a promessa de que o rodízio no abastecimento da cidade acabe até o fim de 2019 e que 100% do esgoto do município seja tratado até 1º de janeiro de 2026.

O contrato, que terá duração de 40 anos, ainda passará por votação na Câmara Municipal e por consulta pública para começar a valer.

A empresa vai investir R$ 7 bilhões na universalização do abastecimento de água em Guarulhos e para a prefeitura fazer obras relacionadas ao saneamento básico.

A dívida de R$ 3,2 bilhões que a cidade tem com a companhia será suspensa e depois terá seu valor abatido de maneira proporcional até o final do prazo do contrato de prestação dos serviços.

Hoje, os moradores residenciais de Guarulhos pagam R$ 21,73 por 10 mil litros de água e R$ 21,73 por 10 mil litros de esgoto. Em São Paulo, pela mesma quantidade, a Sabesp cobra dos moradores residenciais R$ 25 por água e R$ 25 pelo esgoto.

Segundo a prefeitura de Guarulhos, há negociações para que a empresa mantenha a tarifa congelada "por um período ainda não definido".

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.