Governo anuncia força-tarefa para fiscalizar barragens de 142 hidrelétricas do país

Trabalho será feito em 18 estados e no Distrito Federal a partir da semana que vem

Talita Fernandes
São Paulo

O governo federal informou nesta quarta-feira (6) que a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) vai realizar uma força-tarefa para fiscalizar barragens de 142 usinas hidrelétricas do país. 

Segundo o porta-voz do governo, Otávio Rêgo Barros, os trabalhos serão feitos em 18 estados e no Distrito Federal a partir da semana que vem. 

Em uma segunda etapa, entre maio e dezembro, serão feitas inspeções em todas as barragens de hidrelétricas que tenham sido classificadas como "dano potencial alto".

A estimativa é que com esse trabalho, a Aneel e o Ministério de Minas e Energia concluam vistorias em 335 empreendimentos.

De acordo com nota divulgada pelo Palácio do Planalto, a classificação como "dano potencial alto" depende de aspectos da região, como densidade de povoação, e não tem relação com as condições estruturais da construção.

As informações foram levantadas pelo comitê que cuida dos desdobramentos do rompimento de uma barragem em Brumadinho (MG), que deixou centenas de mortos e desaparecidos. 

O governo informou ainda na nota que o monitoramento não detectou deposição "significativa" de sedimentos no reservatório da usina de Igarapé, localizada a 53 quilômetros do local do rompimento.

Análises feitas pelo Ibama em conjunto com Minas e Energia não foram detectadas alterações no aspecto visual e na qualidade da água da usina hidrelétrica de Retiro Baixo, que teve atividades suspensas devido à chegada dos rejeitos de Brumadinho.

Foi identificado ainda que a pluma de rejeitos ultrapassou os limites do município de Juatuba (MG), que fica 50 km distante de Brumadinho.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.