Descrição de chapéu Alalaô

Open-bar e sertanejo são atrações de Carnaval em Votuporanga, SP

Oba Festival nasceu da junção dos blocos e lotou hotéis na cidade

Marcelo Toledo
Ribeirão Preto (SP)

Os amigos se divertiam em blocos isolados, até resolverem se unir na década passada e criar um dos eventos carnavalescos mais concorridos do interior.

Com 16 atrações em dois palcos por quatro dias, o Oba Festival, em Votuporanga (a 527 km de São Paulo), que nasceu da junção dos blocos, lotou hotéis na cidade e região e teve voo fretado. A estimativa era que 80 mil pessoas comparecessem até esta terça (5).

Em sua 13ª edição, o festival faz parte de um gênero que se espalha pelo país neste período do ano, e inclui do sertanejo à música eletrônica, passando por forró, rock e axé.

“O que priorizamos foi oferecer uma diversidade de atrações, para agradar a todos. Isso incluiu o rock, pela primeira vez presente no festival”, disse Alessandro Possoni, um dos organizadores. Daí o cardápio de atrações somar Monobloco a Bonde do Tigrão, Jorge e Mateus e Jota Quest.

Um dos foliões que rumam a Votuporanga neste período do ano é o administrador de empresas Guilherme Porto, de São José do Rio Preto, a 87 quilômetros do festival.

“Gosto muito de Carnaval para me reunir com os amigos. Mas não gosto de marchinhas ou só de samba. Então em Votuporanga a gente se diverte também com o estilo que a gente curte”, diz.

O Oba lota a rede hoteleira de Votuporanga e de cidades da região. Em três sites especializados consultados pela Folha no domingo (3), não havia disponibilidade em hotéis do município até quarta-feira (6).

O voo especial com open bar, que fez a rota São Paulo-São José do Rio Preto-São Paulo, também ficou lotado.

O ingresso para o Oba, que ocorre em um centro de eventos e inclui bebida à vontade, custa R$ 350 por dia, mas o camarote chega a R$ 800.

Além de Votuporanga, outras cidades do interior do país realizam festivais semelhantes, como Muzambinho e Santa Rita do Sapucaí, ambas em Minas Gerais.

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.