Descrição de chapéu Obituário Ismael Alves (1960 - 2019)

Mortes: Michel Fine foi o cupido das ondas de rádio de Campinas

Ismael Alves por anos leu cartas de amor, pedidos de reconciliação e mensagens de saudade

Fabrício Lobel
São Paulo

"Um beijo carinhoso e perfumado do cupido". Era assim, e usando uma voz grave e pausada, que o radialista Michel Fine encerrava seu programa "Momento de Amor", na rádio Cidade de Campinas.

No programa, assumidamente romântico lia mensagens apaixonadas de casais, pedidos de reconciliação e recados para parentes distantes. Todos os textos eram lidos com o timbre inconfundível de Michel Fine, que na verdade era Ismael Alves.

O ponto alto do "Momento de Amor" eram as traduções de músicas em inglês. "And it's me you need to show", lia, e emendava: "E é a mim que você precisa mostrar". "How deep is your love, como é profundo o seu amor".

Em mais de 30 anos no rádio, Michel Fine foi locutor de outros programas como "Toque de Amor", "Campinas by Night" e "Midnight Love", sempre embalando corações apaixonados ou consolando os solitários. Ele dizia receber mais de mil mensagens diárias para os programas.

"Em todos os lugares, as pessoas reconheciam a voz dele. Diziam que tinham se reconciliado com a ex-mulher ou que tinham pedido o marido em namoro por meio do programa dele", diz a esposa, Marcia Alves, 48.

Ismael Alves por anos leu cartas de amor, pedidos de reconciliação e mensagens de saudade
Ismael Alves por anos leu cartas de amor, pedidos de reconciliação e mensagens de saudade - Arquivo Pessoal

Antes de ser Michel Fine, Ismael Alves saiu aos 16 de sua cidade natal, Lavínia (no interior de SP), até a vizinha Mirandópolis para pedir uma música na rádio em homenagem à sua mãe. 

Quando a rádio ouviu a voz do adolescente, propôs a ele um emprego na hora. Seu primeiro pseudônimo como radialista foi Slite Michel. Pouco tempo depois, foi trabalhar em rádios da região de Campinas, onde virou Michel Fine.

O radialista morreu no último sábado (25) de parada cardiorrespiratória, aos 58. Deixa pai, mãe, três irmãs, a esposa e dois filhos.


coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missas​​

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.