Ônibus capota e deixa dez mortos na rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, em SP

Segundo o Corpo de Bombeiros, oito adultos e duas crianças morreram no acidente

São Paulo

Um acidente entre um ônibus e ao menos outros cinco veículos deixou dez pessoas mortas e 51 feridas na noite deste domingo (9), na região de Campos do Jordão (SP).

A ocorrência foi registrada no km 31 da rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro. O ônibus era de turismo e levava um grupo que fazia excursão na cidade serrana do interior paulista de volta para Cubatão (SP).

Ônibus que sofreu acidente na região de Campos do Jordão, em SP
Ônibus que sofreu acidente na região de Campos do Jordão, em SP - Reprodução/TV Globo

Segundo o Corpo de Bombeiros, oito adultos e duas crianças morreram no acidente. Os feridos foram levados para hospitais de Pindamonhangaba, Taubaté e Campos do Jordão. Cerca de 19 carros dos bombeiros foram deslocados para atender a ocorrência.

Ainda não se sabe o motivo do acidente. Informações preliminares repassadas pelos bombeiros indicam que o motorista do ônibus, aparentemente sem freio, teria perdido o controle da direção, batido em outros cinco veículos que passavam pela rodovia e em seguida capotado

Por causa do acidente, a rodovia ficou interditada em ambos os sentidos durante a madrugada, sendo liberada somente às 5h50 desta segunda (10).

O ônibus pertence à Brasil Santana Transporte, de Praia Grande, no litoral paulista. A reportagem da Folha procurou a empresa, que não quis se posicionar sobre o acidente.

Segundo informações da Agência Brasil, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que as informações preliminares apontam que o ônibus não tinha as condições de segurança necessárias para trafegar.

"Tudo indica que o ônibus não estava em condições adequadas para fazer a trajetória, subindo uma serra de 1,8 mil metros e na sua descida perdeu freio", disse, após participar de congresso na capital paulista.

Ainda segundo Doria, o ônibus perdeu o controle na descida e arrastou os demais veículos. A ocorrência policial foi registrada em Taubaté.

Há três anos, o estado de São Paulo teve outra tragédia envolvendo falha nos freios de um ônibus em mau estado. Em 8 de junho de 2016, 18 pessoas morreram quando um ônibus com estudantes tombou na Mogi-Bertioga. O veículo era fretado pela Prefeitura de São Sebastião para fazer o trajeto até a Universidade de Mogi das Cruzes.

Reportagem da Folha de 2018 mostrou que, segundo os sobreviventes, os problemas de segurança persistiam.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.