Descrição de chapéu Obituário Sylvia Lafer Piva (1937 - 2019)

Mortes: Conhecida pela elegância, viveu os anos mais cosmopolitas de São Paulo

Filha de Horácio Lafer e esposa de Pedro Piva, também foi acionista da Klabin

Caroline Amaral ‎Coutinho
São Paulo

Em seu apartamento na av. Europa, Sylvia Lafer Piva passava seus dias diante de uma mesa larga com as melhores amigas, jogando cartas, fumando cigarros (dos quais ela cortava o filtro) e contando das viagens à Europa que fizera ao longo da vida.

Sylvia era a imagem da elite cosmopolita de sua época. Seu pai, Horácio Lafer, foi cofundador da Klabin Irmãos & Cia, empresa familiar de papel e celulose. Ele depois se tornaria ministro da Fazenda durante o segundo governo Vargas (1951-53) e ministro das Relações Exteriores de Juscelino Kubitschek (1959-61); sua mãe, Maria “Mimi” Luisa Salles, era sobrinha-neta do presidente Campos Sales (1841-1913). 

Sylvia Lafer Piva em jantar.
Sylvia Lafer Piva em um jantar familiar - Horácio Lafer Piva

Sylvia viveu desde jovem em um ambiente político e se casou com Pedro Franco Piva, que viria a ser senador. Tiveram três filhos: Regina, Eduardo e Horácio, hoje acionistas da empresa fundada pelo avô.

Para a família, a palavra que definia a Sylvinha era elegância. Educada por preceptoras alemãs e francesas, era fluente em inglês e francês e apaixonada por viajar. Seu destino preferido era Paris.

Apesar da criação conservadora, segundo a família, Sylvia cultivava uma visão de mundo à frente de sua geração. Era leitora fiel de Albert Camus (1913-1960), jornalista e filósofo francês que pregou a apreciação da realidade sem necessidade de alterá-la.

“Você não a via criticar as pessoas. Ela compreendia o ser humano tal como ele é. Por isso, ela não tinha muitas preocupações na vida”, afirma o filho Horácio Lafer Piva, economista e empresário.

Sylvia morreu nesta terça-feira (2) aos 82 anos, após problemas cardíacos e circulatórios. Seu velório e cremação ocorreram na quarta-feira (3).

coluna.obituario@grupofolha.com.br

Veja os anúncios de mortes

Veja os anúncios de missas

Tópicos relacionados

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.