Professor da rede municipal é preso após questionar ação da PM do Rio

Policiais o acusam de desacato e de ter facilitado a fuga de dois suspeitos

Rio de Janeiro

O professor de artes Lucas Inácio Nascimento foi preso na tarde deste domingo (23) no centro do Rio de Janeiro após questionar a conduta de policiais militares que revistavam dois homens. Os agentes acusam Lucas de desacato e de ter facilitado a fuga dos suspeitos.

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o professor sendo detido com violência por três policiais militares. Um deles dá um mata leão em Lucas, que grita: "Estão me matando!"

Um amigo do professor afirmou que ele foi ao mercado, perto de sua residência, na Lapa, e que interferiu em uma abordagem policial que considerou violenta. Os rapazes que estavam sendo revistados teriam aproveitado para fugir. 

Lucas foi encaminhado para a 5ª DP (Mem de Sá) passou por audiência de custódia na tarde desta segunda (24) e foi liberado. A defesa ingressou com um habeas corpus durante o plantão judicial, mas teve o pedido negado.

Ele é professor da rede municipal e está sendo acompanhado pela Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ. 

Em nota, a Polícia Militar afirmou que os policiais foram acionados por pedestres, que disseram que dois homens estavam em posse de drogas no local.

Chegando lá, segundo a corporação, agentes abordaram um homem (Lucas) que teria auxiliado na fuga dos suspeitos. Ainda de acordo com a PM, o professor proferiu insultos e ofereceu resistência na condução à delegacia.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do jornal; a responsabilidade é do autor da mensagem.